Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

domingo, 19 de janeiro de 2014

Contos: A Tumba de Salazar

A TUMBA DE SALAZAR




A muito tempo atrás nas areias deste deserto seco havia uma grande cidade a cidade de Ithaca uma grande produtora de vidro natural (Vítro), um tipo de vidro que se formava naturalmente nas áreas mais quentes do deserto e que possuía algumas propriedades mágicas. A cidade também chamada de Vitria tinha como soberano Salazar Esmerald um rei muito poderoso e também muito ganancioso. Salazar sempre estava à procura de mais riquezas e de formas de aumentar a sua longevidade, acabou se entregando aos sombrios conhecimentos demoníacos que o levaram a sacrificar sua esposa Ellistrae em nome de um poderoso lorde das trevas para que pudesse obter uma audiência com ele.

Belial, o Lorde das Trevas, aceitou o tributo e através de um complicado ritual ele se materializou em nosso mundo, e veio ter uma audiência com Salazar. No decorrer de sua audiência Salazar conseguiu captar o interesse de Belial, pois ele sabia que esse demônio tinha uma enorme queda por apostas e desafios. Salazar e Belial então fizeram uma aposta onde Salazar se vencesse receberia o dom da imortalidade e toda a riqueza que desejasse, mas se perdesse teria de pagar um tributo a Belial o monarca teria de sacrificar todo o povo de Vitria em nome do Lorde Negro e alem disso teria de aceitar um castigo imposto pelo demônio.

Tola e vaidosamente Salazar aceitou o desafio proposto por Belial, e foi derrotado, por ter sido incapaz de solucionar o problema proposto pelo demônio, Salazar teve de sacrificar todo o povo de Vitria homens, mulheres e crianças todos foram mortos em um terrível festim de sangue em homenagem a Belial que se deliciou com tudo o que ocorria e principalmente com a falta de arrependimentos no coração do monarca. Então vendo que Salazar era realmente um ser digno de vir a ser um bom investimento futuro Belial resolveu mudar o castigo que havia inicialmente pensado para Salazar, ele iria devorar a alma do monarca, mas ao contrario disso ele o transformou em uma estatua animada de ouro e o amaldiçoou a não poder deixar as dependências de uma grande tumba feita com os ossos do seu próprio povo ate que pudesse cumprir uma enigmática tarefa para demonstrar seu valor ao demônio.

Com uma guarda de ouro de dez inimigos e uma noiva donzela com cabelos de prata a chave de Belial abrira os selos e você novamente Vera o sol e será eleito general de Belial para espalhar seu propósito nesta bela terra... o toque dourado é o que lhe basta


Após esta maldição Belial deixou nosso plano e Salazar ficou confinado as dependências de sua tumba, inicialmente alguns aventureiros descobriram a tumba, mas acabaram sendo derrotados e depois de mortos seus corpos se tornavam animados como mortos vivos a comando de Salazar. Mas como Salazar não podia deixar sua tumba então ele enviava alguns de seus servos mortos-vivos para que buscassem mais inimigos ou que espalhassem a noticia de sua existência seu maior medo era que sua tumba acabasse esquecida e conseqüentemente com ele nela antes que ele pudesse resolver o enigma. Alguns anos se passaram e Salazar mesmo preso se tornou uma ameaça considerável, então um grupo formado por grandes heróis dos reinos o confrontou destruíram seu exercito e conseguiram selar sua tumba com poderosas magias clericais e arcanas.


A quem diga que Salazar não pode ser destruído devido à maldição que o abala, mas estudos dos principais estudiosos das maldições apontam que caso ele seja destruído sua essência ficaria presa em uma jóia a Pedra de Salazar uma pedra tida como um poderosíssimo componente mágico para os mais variados fins. Mas após o selamento da tumba nunca mais se teve problemas com ele, mas o que se sabe e que ele continua lá como um mal sempre vigilante que apenas aguarda a hora de seu retorno. Alguns adivinhos já profetizaram que Salazar daria inicio a um evento de proporções catastróficas, mas por enquanto ninguém sequer deu atenção já que sua tumba ate onde se sabe continua selada.

Canções e Lendas -  Ector o “Bardo” capítulo 13 volume II

Autor: MárcioLasombra

Um comentário: