Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Menu Contos: A Maldita Adaga, Parte 02

 A Maldita Adaga - Parte 02



— E então, gatuno? Nos conte o que houve quando chegou ao topo da maldita árvore! — esbravejou o guerreiro sem conter a curiosidade sobre a história do amigo, afinal este passara anos desaparecido.

— Não foi lá a tarefa mais fácil escalá-la, por vezes escorreguei, não por falta de perícia, mas porque o carvalho é protegido por uma espécie de magia que eu jamais havia conhecido. O fato é que sou tinhoso e persisti em minha subida, a medida que alcançava os galhos mais altos e olhava para cima a maldita copa parecia não ter fim, mas notei que aquilo era apenas mais um teste a que a árvore submetia quem quer ousasse desvendá-la.

Menu Contos: A maldita Adaga, Parte 01

A Maldita Adaga - Parte 1 



— O que você pensa quando vê esta adaga teimosa encravada aí? — perguntou o guerreiro ao ladino que sentado nas raízes do enorme carvalho ponderava sobre tão curioso artefato.

— Há anos perambulamos pela Floresta dos Sussurros, há anos tentamos arrancá-la daí sempre que por aqui passamos. Penso que temos um solo cheio de folhas e um capim que não pega fogo, uma terra que não cede com a água, uma arma cravada sob a copa de um grande e imponente carvalho que não sai nem mesmo quando puxada por um brutamontes como você, Tusk... — disse o ladino pensativo. 

sábado, 14 de outubro de 2017

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Menu Mitologia: Sexta Feira 13

SEXTA FEIRA 13



A Sexta-feira no dia 13 de qualquer mês é considerada popularmente como um dia de azar.
O número 13 é considerado de má sorte. Na numerologia o número 12 é considerado de algo completo, como por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 constelações do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) tem-se pela tradição, o mais azarado dos dias.

Triscaidecafobia é um medo irracional e incomum do número 13. O medo específico da sexta-feira 13 (fobia) é chamado de parascavedecatriafobia ou frigatriscaidecafobia. O número 13 tem sido mal interpretado desde há muito tempo. Em algumas culturas ele pode ter sido considerado número de sorte. Não há nenhuma evidência de que o 13 tenha sido considerado um número de azar pelas culturas antigas.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Menu Artigos: O Dia das Crianças

O DIA DAS CRIANÇAS


O dia das crianças é reconhecido em várias nações ao redor do mundo para homenagear as crianças, cuja data efetiva de comemoração varia de país para país. Foi proclamado pela primeira vez durante a Conferência Mundial para o Bem-estar da Criança em Genebra em 1925, sendo celebrado desde então o Dia Internacional da Criança a 1 de junho, adotado em países como Angola, Portugal e Moçambique.No Brasil, o dia das crianças é solenizado em 12 de outubro.

A ONU reconhece o dia 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança, por ser a data em que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança em 1959 e a Convenção dos Direitos da Criança em 1989.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Menu Mitologia: Jaguar-Homen

JAGUAR-HOMEN




O jaguar-homem olmeca, ou Deus Jaguar é um dos mais distintivos e enigmáticos desenhos olmecas encontrados no registo arqueológico.

Embora muitas vezes vistos em figuras de jaguares-homens bebés, este motivo pode também ser encontrado talhado em machados votivos de jade, gravado em várias figuras portáteis de jade e jadeíte, e retratados em vários “altares” (ou tronos), como os de La Venta. Os jaguares-homens bebés são muitas vezes segurados por uma figura estóica sentada.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Menu Mitologia: Zmey Gorynych

ZMEY GORYNYCH



Os Zmey, Zmaj ou Zmiy (Serpentes) são dragões da mitologia eslava/russa, que são geralmente malignos e cospem fogo, como os seus homólogos ocidentais. O mais conhecido destes foi Zmey Gorynych, o dragão de três cabeças.

Gorynych, como a maioria dos zmey, assemelha-se a hidra grega com três cabeças, que cresciam de volta sempre que eram cortadas, ao menos que todas as três fossem cortadas simultaneamente.. Alguns pesquisadores consideram-lhes personificações  de invasores estrangeiros, principalmente, a Horda Dourada.