Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Menu Mitologia: Moloque

MOLOQUE

Moloch, Moloc ou Moloque, também conhecido como Malcã, conforme os textos bíblicos, é o nome do deus ao qual os amonitas, uma etnia de Canaã (povos presentes na península arábica e na região do Oriente Médio), prestavam homenagens e sacríficos jogando-os em uma fogueira montada no ventre de uma estátua da divindade. Moloch, também é o nome de um demônio na tradição cristã e cabalística.
Segundo as escrituras, os povos amorreus, por volta de 1900 a.C., adoravam Moloque. Segundo os registros nos rituais de adoração haviam atos sexuais ritualísticos e sacrifícios de crianças. Estas eram jogadas em uma cavidade da estátua de Moloque, onde havia intenso fogo, consumindo assim a criança ainda viva . Ele era, ao mesmo tempo, um fogo purificador, destruidor e consumidor. A aparência de Moloque era de corpo humano com a cabeça de boi ou leão, no seu ventre havia uma cavidade em que o fogo era aceso para consumir os sacrifícios ofertados em busca das bençãos da divindade. Muitos povos nessa época adoravam Moloque, porém com o fortalecimento do povo Hebreu e de outros reinos, estes povos foram desaparecendo, e deixando o costume de adoração a Moloque. De acordo com a bíblia no livro do Lévico, uma das ordens de Deus dada ao povo hebreu através de Moisés, era proibição expressa, a adoração a Moloque, bem como também o sacrifício de crianças ou jovens a ele, sendo este severamente punido. Os gregos antigos identificaram este deus cananeu, adorado pelos cartagineses com sacrifícios de crianças, com sendo uma interpretação de Cronos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário