Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Menu Artigos: Ahrimanes - Linhagem rara do RPG Vampiro - WOD

AHRIMANES - (linhagem rara de Vampiro a Mascara)

Histórico: 
Os Ahrimanes originaram-se dos Gangrel Antitribu. Desde que chegaram à este continente, os Gangrel tanto da Camarilla, quanto do Sabbat caminharam rumo às regiões selvagens do sul, encontrando um certo número de tribos nativas. Muitos desses Gangrel estabeleceram seus refúgios bem próximos aos vilarejos nativos. Eles alimentavam-se dos povos destes vilarejos, porém os defendiam da ameaça do Homem Branco. 
A fundadora desta linhagem era uma Gangrel Antitribu, de nome Muricia. Ela estudava os poderes dos xamãs e utilizou esta magia para romper o vínculo que mantinha com seu Senhor e seu Clã, fazia isto por não concordar com a constante guerra entre as duas facções rivais dos Gangrel Antitribu. A maior parte dos Gangrel (Sabbat) estavam preocupados demais em acabar com suas disputas entre as suas facções Urbanas e Rurais. Porém, quando Muricia utilizou os poderes taumaturgicos dos xamãs nativos, ela separou-se de seu Clã e seu sangue tinha sido alterado permanentemente. A magia dos Rituais que ela usou afetou seu corpo, mudando até mesmo sua aparência vampírica. Não demorou para que Muricia combinasse a magia espiritual dos xamãs com suas disciplinas Gangrel, obtendo pouco a pouco um extraordinário poder, a diferenciando ainda mais de seus semelhantes. Muricia tentou criar outros a partir dela, porém logo descobriu que não podia, pois sua vitae havia se tornado infértil. Ela aprendeu que se pegasse um outro Gangrel, e usasse o mesmo ritual xamã que a modificou, o efeito seria o mesmo, e assim o fez, e criou outro semelhante à ela. Por causa disso, todos Ahrimanes são na verdade Gangrels que tronaram-se Ahrimanes. Além disso, Muricia permitiu que somente mulheres pudessem juntar-se à sua progênie, acreditando que o homem seja inferior e só traz mais conflitos. 
Esta Tradição permanece até os dias de hoje. Os Ahrimanes são, de certa forma, uma linhagem artificial. Todo Ahrimane renuncia à formação passada pelo seu Clã antes de se juntar à linhagem. Esta linhagem é pouco numerosa, e ocupa principalmente as regiões do Alabama, Georgia, Mississipi, Louisiana e redondezas. Todos seus Membros são extremamente reservados e violentos, gostam de bens materiais, riqueza e de manter cada vez mais humanos sobre seu controle, como seus peões. Gostam também de formar grupos, como matilhas, apesar da oposição dos Lasombra. O Sabbat aceita seus costumes, devido aos valores de liberdade que a seita prega. Por outro lado, os Ahrimanes ajudam bastante ao Sabbat, observando os modos da ameaça lupina. 

Apelidos: Mulheres maldosas – Mulheres Infernais, Mulheres de Sorte, etc... 

Aparência: Não existem homens entre os Ahrimanes. A maioria delas vestem-se de estilos bem práticos, vestindo roupas de couro e outros materiais semelhantes. Muitas conservam seus cabelos, como os de suas ancestrais da Espanha e México, embora a tendência esteja mudando. Elas tem a pele ligeiramente escura, diferenciando-as dos outros Membros, sendo difícil superá-las ao se passar por um humano. Armam-se de forma bem variada, algumas preferem armas brancas, outras armas de fogo. 

Refúgio: As Ahrimanes, geralmente, moram em grandes mansões, próximas às áreas fortemente habitadas. Todas mantém seus covis subterrâneos, sendo quase impossível um inimigo chegar lá. Ao contrário do que podem pensar, as Ahrimanes não são mais nômades. Todas se envolveram demais nos negócios mortais, e passam um bom tempo viajando, mas somente dentro de seus territórios 

Antecedentes: O critério destas mulheres, é seus novos membros venham a ser lutadoras competentes e verdadeiras sobreviventes. Apesar deste aspecto, a Mão Negra não comporta mais que duas ou três Ahrimanes. Para cada nova Ahrimane, é designado um Senhor, que se tornará responsável pelo seu treinamento nos costumes de sua nova linhagem. 

Criação de Personagem: Todos os Ahrimanes, sem nenhuma exceção, devem ser mulheres. A maioria tem o conceito Profissional ou Trabalhadora. A Natureza é, normalmente, Sobrevivente, ou orientada à sobrevivência e/ou poder. O Comportamento pode variar um pouco, mas a maioria se mostra como Sobrevivente ou Solitário. É comum um Ahrimane, possuir Contatos, Recursos e Rebanho, como antecedentes. Toda Ahrimane tem de gastar no mínimo, três pontos na característica Mentor. 

Fraqueza: Por causa da natureza de sua existência, as Ahrimanes não conseguem gerar uma prole e não podem estabelecer um Laço de Sangue com outros. Sendo assim, isso lhes impõem certos limites em suas relações mortais ou não. Se você utiliza Defeitos e Qualidades em suas Crônicas, o defeito "Sangue Fraco" (4 pontos) expressa bem a fraqueza da linhagem. 

Disciplinas: Animalismo, Presença, Spiritus.

Citação: "Pobre homem, você entrou em meu território. Pra você, eu reservei algo mais interessante que a morte." 
Estereótipos: O Sabbat - Pode ser que ele venha até nós, porém nós seguimos nosso próprio caminho, sem volta. Sempre demonstramos lealdade, mas nunca vamos dar importância maior aos seus Membros. 
"Nós estamos descuidados demais com essas pervertidas. Atualmente, não temos conhecimento de seus caminho que, na verdade poderá levar à seus covis""  
- Hymie, Padre nômade 
A Camarilla - "Estes pequenos peões querem tudo em suas mãos. A única coisa boa que possuem é seu sangue, e este deve ser liberto de seus corpos na melhor oportunidade". "Eu tenho ouvido boatos sobre uma prole especial do Sabbat, parecem que são super guerreiras criadas nas montanhas Appalachian. Eu tenho a esperança de descobrir a verdade sobre isso". 
- Tatiana, Arconte Gangrel, da qual não se teve mais notícias após estas palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário