Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Menu Mitologia: Mitos e Lendas: Davy Jones

DAVY JONES

Davy Jones, é um personagem de lendas oceânicas que inspirou personagens de várias outras histórias fictícias principalmente no Caribe. Conhecido por seu armário ou baú. Dizem que sua figura foi inspirada no molusco Sépia.
Também chamado de David Jones, não existem dados de que este mito tenha realmente existido na forma de uma pessoa, desde o século XVIII, segundo a lenda popular de marinheiros, Davy Jones era um homem do mar ou, para algumas pessoas, um deus que atormentava marinheiros até a morte, atraia tempestades para navios despreparados, confundia capitães e pilotos para fazê-los errar a rota de seus navios e bater em rochedos, recifes, bancos de areias ou entrar em correntes marítimas perigosas, além de engajar marinheiros em missões tão perigosas, que o número de sobreviventes era ínfimo. Acredita-se que poderia também prolongar a vida de um morto ou semi-morto através de um pacto. Talvez por esse motivo em terras equatoriais, Davy Jones, equivale ao Diabo fazendo pactos e angariando almas. 
Em algumas regiões dos trópicos, é considerado como o deus que é contra o amor devido uma desilusão amorosa. Seu objetivo é fazer com que os homens não sofram como ele sofreu. É também o deus em que, segundo últimos relatos de pessoas dos trópicos, os piratas temem mais. Pois é ele que busca a alma de todos aqueles que morrem no mar. Diz a lenda que quem apunhalar o coração ainda pulsante de Davy Jones terá que arrancar o seu e assumir o lugar do monstro.
O Armário de Davy Jones, Priol de Davy Jones ou Baú de Davy Jones é uma expressão usada para definir o fundo do mar - o local de descanso dos marinheiros afogados e de quem morre no mar. É o eufemismo para a morte no oceano; Davy Jones (usado anteriormente por piratas) é o nome de um suposto pirata considerado o mal supremo dos sete mares. Mas continua icognita a origem do nome Davy Jones, podendo ser um marinheiro sinistro e sobrenatural ou só uma definição mais estável dos temores dos marinheiros. O armário de Davy Jones é o purgatório, céu e inferno de quem morre no mar. Nele, as pessoas enfrentam seus medos mais profundos. A lenda diz que é o próprio Jones que arrasta as almas até o fundo do mar, mas é possível ressuscitar "se souber o caminho". A reputação de Jones e seu armário desenvolveu muito medo entre os marinheiros, fazendo com que hesitem ao entrar em maiores detalhes, mas nem toda a visão sobre a lenda é ruim. Em tradições associadas aos marinheiros que cruzam a linha do Equador, Davy Jones era um leal assistente do rei Netuno.
Até hoje persiste a dúvida de porque é usado o termo "armário" para designar o local de descanso dos falecidos no mar. A hipótese mais aceita é a que Davy Jones fosse o responsável pela morte de muitos marinheiros e, temendo as conseqüencias de seus crimes, trancava tudo que pudesse incriminá-lo num armário de madeira. Porém, como as almas de quem morre em águas marinhas permanecem presas no armário de Davy Jones, é provável que o nome armário tenha surgido porque um armário sirva para abrigar coisas, como o fundo do mar abriga a alma de todos que foram levados por ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário