Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Menu Mitos e Lendas: A Bruxa de Ferro

A BRUXA DE FERRO 

A Bruxa de Ferro é uma lenda urbana do folclore brasileiro, ela conta a história do fantasma de uma mulher que passou a assombrar um orfanato depois de sua morte. Como a grande maioria das lendas urbanas existem várias versões desta lenda. 

Uma das versões conta que  no final da década de 50, havia em uma pequena cidade um hospital onde eram tratadas crianças com problemas nos ossos, e com elas trabalhava uma estranha enfermeira. Essa enfermeira era especialmente apegada a uma dessas crianças, cuja a saúde já não estava muito bem. A criança estava ligada a aparelhos que sustentavam os seus membros e a aparelhos que sustentavam os órgãos a mantendo viva. Um dia não suportando mais ver o estado em que aquela criança estava, a enfermeira decidiu dar um fim ao sofrimento dela, então a enfermeira desligou os aparelhos e colocou em seus próprios braços e pernas os extensores que a criança usava. Apos o feito ela se suicidou se jogando dentro de um poco que ficava nos fundos do hospital. Algum tempo se passou o hospital foi fechado e em seu lugar foi construído um orfanato. Desde o dia da inauguração as crianças que lá viviam começaram a relatar estranhos acontecimentos como sussurros, e um barulho que parecia ser algo de ferro se arrastando pelo chão, porém ninguém dava a menor importância acreditando ser apenas a imaginação das crianças querendo atenção. 

O Orfanato acabou fechando também porem algumas crianças ainda permaneceram morando no local enquanto aguardavam para serem transferidas para outro orfanato. Durante este período, essas crianças ouviam barulhos metálicos e viam o vulto de uma mulher horrível caminhando pelo corredor da ala em que estavam. Um dia uma criança quebrou uma perna e enquanto chorava disse que a bruxa de ferro havia lhe atacado, mas os adultos não acreditavam nela, e imaginando que a criança havia apenas caído da escada dera o caso por encerrado. Em outra ocasião uma das crianças entrou correndo e gritando dentro de um dos quartos assustando todas as outras crianças que saíram correndo pelos corredores do orfanato. Algumas destas crianças disseram ter ficado cara a cara com uma mulher horrível toda deformada com ferragens pelo corpo. Relataram anda que a mulher apontou para elas dizendo que sugaria suas almas e depois as mataria. As crianças saíram gritando pelos corredores ate que encontraram com o zelador que disse que também viu a tal mulher. 

No fim quase todos conseguiram sair de dentro do orfanato, com exceção de uma criança, a qual ninguém teve coragem de entrar novamente para procura-la. todos passaram a noite fora do prédio e na manhã seguinte foram procurar pela criança desaparecida e para  o desespero de todos ela foi encontrada morta com todo seu corpo retorcido agarrada a um brinquedo de pelúcia. Desse dia em diante dizem que o fantasma dessa mulher segue assombrando orfanatos e quebrando os ossos de crianças para tentar colocar as ferragens em seus corpos. 

Outra versão da lenda se passa no Brasil dos tempos da escravidão. Havia uma família muito rica que possuía muitos bens, porem o mais valioso deles era um enorme diamante de valor inestimável. O dono da casa era bastante cuidadoso com ele geralmente o mantendo consigo. Porem um dia ele o esqueceu em cima de uma mesa, e sua única filha , atraída pelo brilho do diamante, o pegou. Ao retornar ao local e não encontrar a gema o homem perguntou a sua filha sobre o mesmo. A menina com medo da represália do pai acusou uma das escravas da família. Enfurecido ele acorrentou a escrava e a prendeu dentro de um armário até que lhe contasse onde estava a pedra como não sabia dizer onde o diamante estava ela morreu de inanição. Muito tempo se passou e a casa foi vendida e demolida e em seu lugar foi construído um orfanato. Então passaram a ocorrer os mesmo fenômenos ocorridos na versão anterior da lenda. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário