Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Menu Mitologia Egípcia: Os Animais no Egito

OS ANIMAIS NO EGITO

No Egito acreditava-se na união do homem com o animal. Os animais, domesticados ou selvagens, eram dotados de poderes divinos. Tanto que seus grandes deuses fundiam sua imagem com a dos animais. Amon-Rá é representado com a cabeça de carneiro e corpo de homem, assim, o carneiro era considerado sagrado para os egípcios. O animal mais celebrado do Egito era o touro Ápis, a reencarnação do deus Ptah, depois foi associado a Osíris. O deus Hórus, deus do Céu e da beleza, é visto nos relevos como corpo de homem e cabeça de falcão. Anúbis, o deus da morte era representado por um homem com cabeça de chacal.

Isis é a deusa lunar, era também representada com cabeça de íbis, também é representada pelo rosto coberto com um véu. Osíris, deus dos mortos e da fertilidade ressuscitou como um lobo, para ajudar Isis e Hórus a combaterem Seth. Seth, corpo de homem com um animal semelhante a um cachorro (ou bode), no inicio era um deus benéfico, e com o tempo foi considerado a personificação do mal, comandava os trovões e as tempestades.
Toth, o deus com cabeça de íbis, representava o princípio transcendente. Nas olimpíadas gregas era consagrado como Mercúrio, com sandálias aladas.

Entre as Grandes Mães Deusas, Neit, a vaca celeste e primeira parturiente, é a mãe que gerou o Sol, honrada especialmente pelas mulheres. Da mesma maneira Hathor, a vaca e doadora de leite, é a mãe, a mãe do Sol e a deusa do amor e do destino. É identificada também com a amigável deusa-gata Bastet que representava os poderes benéficos do sol, que em sua forma terrível, é a deusa-leoa Sekhmet que representa os poderes destruidores do sol e, também era curadora de epidemias e causava epidemias. Sekhmet era deusa da guerra e das batalhas. Apesar da cabeça de leoa, tinha um frágil corpo de moça.Em todo o Alto Egito prevaleceram os cultos da leoa, por ser mais bela, e denota o caráter devorador da grande deidade feminina.

Tueris era a deusa-hipopótamo que protege as mulheres grávidas, os nascimentos. O deus Sebek, aliado de Seth era representado por um homem com a cabeça de crocodilo. Ré é um dos nomes do Sol quando desaparece, á noite ele é Atum, velho curvado. Pela manhã renasce no Leste na forma de um escaravelho (Khepri). Durante o dia clareia a terra sempre na forma de um falcão. No simbologismo egípcio existia um pássaro com cabeça humana, representando a alma que voava após a morte. A esfinge, símbolo do poder real tinha uma cabeça de homem ao corpo de um leão. Ela personifica a força do leão, a inteligência do homem e a clareza espiritual do deus. Sapos, serpentes, escorpiões e crocodilos eram tidos como sagrados. Foram encontrados cemitérios de animais mumificados. Os animais eram símbolo de força e poder e eram venerados pelas suas habilidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário