Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sábado, 26 de julho de 2014

Menu Mitologia Grega: Cassiopéia

CASSIOPÉIA

Na mitologia grega, Cassiopéia (português brasileiro) ou Cassiopeia (português europeu) (em grego Κασσιεπεια) era casada com Cefeu, rei da Etiópia, e mãe da princesa Andrómeda.
Cassiopeia era vaidosa e arrogante, chegando a proclamar-se mais bela e melhor que as Nereidas (uma outra versão contava que o elogio teria sido dirigido à sua filha, Andrómeda).  Sendo a esposa de Poseidon, Anfitrite, uma das Nereidas, sentiu-se ofendida e pediu ao deus dos mares que castigasse a rainha pela sua ousadia. Poseidon enviou então o monstro marinho Cetus para destruir o reino de Cefeu.  O oráculo de Ammon anunciou ao rei que o monstro só seria aplacado se oferecessem Andrómeda como sacrifício, pelo que a princesa foi acorrentada a um rochedo, mas Perseu viu-a e apaixonou-se por ela. Perseu disse que mataria o monstro e a libertaria, se ela fosse dada em casamento; mas durante o casamento, por Andrómeda ter sido prometida a seu tio Fineu, este tramou contra Perseu, e foi transformado em pedra, junto de seus companheiros, pela visão da cabeça da Medusa.
Para não escapar ilesa da punição, Cassiopeia foi transformada na constelação que leva o seu nome de forma a passar a maior parte do tempo virada de cabeça para baixo.
De acordo com João Tzetzes e Eurípedes, a história de Andrómeda ocorreu em Jope, e, na época, havia em Jope restos das correntes que prenderam a princesa.
Os pais de Cassiopeia não são citados nos textos antigos,[mas Adolf Bastian conjecturou que Cassiopeia seria filha de Fênix, filho de Agenor e de Cassiopeia, filha de Árabo. Fineu, tio e noivo de Andrómeda, que Pseudo-Apolodoro indica como irmão de Cefeu,  seria outro filho de Fênix e Cassiopeia, a filha de Árabo. Outros filhos deste casamento seriam Cílix e Doriclus, além de Atymnius, cujo pai era, na verdade, Zeus.

ETIMOLOGIA:

Pape e Benseler (WGE) propõem que derive de καίνυμαι e ὀπ- e signifique "aquele que esplende por seu olhar". Tümpel
(em Roscher, Myth. Lex. II col. 993) propõe que a segunda parte do composto seja ἐπ- e o nome signifique "aquele que
fala com exibição, que se vangloria", ou talvez também "hábil em falar". Poderia tratar-se de um composto do radical
κασ- "sobressair, brilhar", e significar "de bela voz" ou "de belo rosto".

Nenhum comentário:

Postar um comentário