Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Menu Artigos: Os Cátaros e o Demiurgo

OS CÁTAROS E O DEMIURGO

Os Cátaros, os Templários, Portugal e o Brasil.
Em 1211, no sul da França, se inicia uma sangrenta perseguição a um dos grupos religiosos mais misteriosos da história, os Cátaros. Numa época em que o cristianismo se encontrava totalmente nas mãos dos detentores do poder temporal, os Cátaros se mostravam uma alternativa ameaçadora à igreja que, longe da espiritualidade, procurava o poder.Os Cátaros, tinham estreita ligação com os Bogomilianos e, sua práxis era tudo o que a igreja não podia tolerar.Acreditavam no gnosticismo, ou seja,criam que a verdadeira mensagem de Cristo, era a seguinte: há dois princípios distintos, o espiritual, ou divino, e o material, criado por um demiurgo Yaldabbaoth, que aprisionara as almas em corpos materiais. Não obstante tal fato, pregavam o amor livre, a não violência e a rejeição dos sacerdotes como representantes de Deus.Logo a doutrina se espalhara por todo o sul da França ao ponto de cidades como Albi, Bérziers e Carcassone adotarem o catarismo.Os Cátaros foram perseguidos e massacrados na chamada cruzada dos albigenses e, a partir daí, tudo fica nebuloso.Os Templários que, segundo se comenta foram enviados para massacra-los, os conduziram em segurança até os Pirineus, levando com eles seus tesouros e livros, e fazendo de refém o filho de Pedro de Aragão, espanhol convocado para massacrar os albigenses. Depois disso, quando a Ordem dos Templários foi extinta, os mesmos receberam apoio dos descendentes dos Cátaros em Portugal...
Dizem que os Cátaros seriam de uma linhagem muito especial, assim como os Templários, descendentes de um casal bastante influente na história do planeta. Mas isso, cabe a todos nós apenas perguntar: Teria sido Portugal tão poderoso e protegido sem a presença de pessoas tão especiais por lá?Bom amigos como já falei sobre os Cátaros e o gnosticismo,agora falarei sobre o ponto mais crucial e impressionante da gnosis,a história do demiurgo.No passado, o simples fato de mencionar tais termos me conduziria à fogueira, hoje, podemos estudar e compartilhar esse saber.Os grupos gnósticos, Cátaros, Bogomilianos, e alguns outros, tinham uma crença especial e particularmente perigosa para qualquer um que quisesse usar a religião como fonte de poder e capacidade de dominar as massas : O Cristo, veio para libertar a todos do jugo do maligno Yaldabaoth, o maligno deus dos judeus.Segundo a gnosis, Yaldabaoth seria filho de Aeon Sophia, o bem supremo, contudo e por orgulho, cegueira(não no sentido físico,mas da ignorância), e revolta, o ente teria criado o mundo material e aprisionado as almas para que o adorassem e vivessem em eterno sofrimento.Ora, é inegável a influência do neo-platonismo e dos ensinamentos gregos no cristianismo, isso sem mencionar o fato que Jesus dominava a língua grega. No gnosticismo, a matéria, era o poder máximo do demiurgo, a riqueza, o poder, a cobiça, a luxúria desenfreada e desprovida do amor, tudo isso fazia(ou faz...) parte do arsenal de ilusões de Saklas para nos fazer sofrer e nos manter presos à matéria, desejando ,cometendo erros e crimes, e sofrendo.O demiurgo, foi representado em vários evangelhos apócrifos, como o de João, e o de Judas. Ele teria escolhido os judeus para ser o seu povo, e daí a sua exigência de ser o deus único dos judeus, sem nem um outro ao seu lado.Yaldabaoth (criança do caos), Saklas(o tolo), e Samael (deus cego), são seus nomes, no evangelho de Felipe, ele seria o criador dos arcontes, seus auxiliares, e Jesus, seria o libertador, pois Marcião, sempre defendia que o deus do antigo testamento, jamais poderia ser o mesmo de Jesus, o deus da paz. No apócrifo de João, há uma passagem em que a voz de Deus refuta Saklas dizendo" a humanidade existe, assim como seu filho". Jesus seria o libertador, aquele que traria a verdadeira luz, e se sacrificaria para libertar a todos "do senhor deste mundo", ou Yaldabaoth. Talvez esse seja um dos motivos pelo qual tantos morrem, e continuarão a morrer, a gnosis libertava a todos da ignorância e do jugo dos detentores do poder, já que dizem que se pode contatar o demiurgo e ser um de seus agentes... Mas, imaginem pessoas pregando amor livre, bem , paz e iluminação...bem, tudo o que falamos aqui é história, peço a todos que façam seus estudos, mas às vezes, a fé nos faz pensar: de onde os antigos tiraram tais conhecimentos? E, por que todas as representações antigas do demiurgo são a de uma serpente com a cabeça de um leão?P.S. no caverna do dragão, há um episódio onde aparece um monstro cujo nome não pode ser falado e com as mesmas características...coincidência??

Autor: Albert De Bouillon De Bouillon

Nenhum comentário:

Postar um comentário