Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sábado, 8 de novembro de 2014

Menu Artigos: Fadas

FADAS

Desde pequenos escutamos falar em fadas. Fadas madrinhas, fadas dos bosques, varinhas de condão Essas estorinhas antes nos faziam dormir, viajar Mas e hoje, depois de grandes, será que ainda podemos pirar nessas lendas? Bom, lendas ou não, há muitos relatos sobre o assunto, que por sinal é levado bem a sério por alguns grupos, com notícias, jornais e tudo.
As fadas são seres da natureza, da família do elemental Ar . No ano de 1907, foi publicada na Revista "The Regular", na Inglaterra, uma foto de uma garotinha rodeada de fadas que causou muita polêmica, já que naquela época não havia muitos recursos para se fazer mutreta com imagens. Muitas pessoas tomaram isso como uma farsa, mas a foto foi mesmo aclamada como uma inegável prova da existência das fadas. Mesmo assim, pouco se sabia sobre aquela garotinha da foto. Angelica Cottington era seu nome, e ela foi por muito tempo ridicularizada por todos por causa disso.
Em sua essência, as fadas são estruturas abstratas de energia fluida, formada por condição astral, tão sensíveis quanto influenciadas pela emoção e pelos pensamentos. Em sua forma mais primitiva, pode-se percebê-las como forças pulsantes ou uma luz que irradia, com um centro brilhante na parte da cabeça ou do coração. Nas fadas mais desenvolvidas, a cabeça e os olhos são bem definidos, e sua forma pode refletir o mundo humano, animal, vegetal ou mineral. Brian Froud, que é autor de muitos livros sobre esses seres cheio de encanto, conta que por sua experiência e contato diário com elas, pode dizer que são seres irracionais, poéticos, absurdos, paradóxicos e muito, muito sábios.
Elas desvendam as dádivas da vida, da auto-cura, e da auto-transformação mas também fazem travessuras em nossas vidas, causam rompimentos e também mudanças muito dramáticas. Brian divide as fadas em boas em más, por conveniência do conceito humano, mas isso não quer dizer que existam fadas realmente malvadas.
Na divisão de Froud, "Quempel", "Fada da Expressão" e "Boon", são algumas das que podemos chamar de fadas boas. A "Quempel" é um tipo de fada que dança para celebrar momentos especiais quando alguma coisa foi bem feita. A "Fada da Expressão" ajuda nos humores, na postura corporal e com habilidades como cozinhar, escrever, interpretar, desenhar e fazer amor. A "Boon" protege as crianças dos sonhos ruins.
Agora, você já parou para pensar porquê ás vezes suas meias estão trocadas, ou porquê a torrada sempre cai com a manteiga para baixo? As fadas más te beliscam, confundem e te deixam montinhos de cinzas, mas também dão presentes quando nos mostramos compreensíveis à sua natureza contrária.
Viu como no fundo elas também são legais? A "Fada da Desesperança", A "Glanconer", A "Fada Escorregadia" (que faz as coisas caírem da sua mão e se quebrarem e também deixa que palavras erradas escapem da sua boca, assombrando principalmente cozinhas e lojas de cerâmicas e vidros), são exemplos de fadas não muito boazinhas
Para ver uma fada, existem alguns truques Fazer uma infusão com tomiho selvagem (mas ele deve ser colhido perto do pé de uma montanha, que é onde as fadas gostam de estar) é uma alternativa boa, mas não é recomendável trazer essa planta para dentro de casa, assim como todas as flores que as fadas gostam. Primaveras também são eficientes, elas te dão um pozinho único, fazem o invisível visível E comê-las é uma maneira certeira de ver fadas. Tocar a pedra de uma fada com o número correto de primaveras arrumadinhas num buquê, pode abrir portas para o mundo das fadas, mas o número errado de flores abre as portas da perdição
Para quebrar o encanto de uma fada má, você pode usar erva-de-São-João, que é também uma planta que cura e protege. O trevo de quatro folhas quebra também qualquer encanto delas. Fadas também gostam de rodear árvores. Suas preferidas são o amieiro, o abrunheiro, a aveleira e o carvalho. Cuidado com estas árvores Repare quando estiver passando por uma delas!! O caminho de um conto de fadas dá nas sombras da nossa imaginação, nas profundezas do nosso inconsciente Pirar é preciso

Nenhum comentário:

Postar um comentário