Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Menu Mitologia Indiana: Brahmaparush

BRAHMAPARUSH


O Brahmaparush (ou Brahmaparusha) é um terrível e horripilante vampiro indiano. Este vampiro é um espírito malévolo que tem prazer em devorar seres humanos. Ele é extremamente cruel e consumido por uma sede de sangue, e uma fome de cérebros. 

Só a sua aparência já é grotesca e terrível; esses vampiros usam os intestinos de suas vítimas enrolados em seu pescoço. Eles também usam intestinos em volta da cabeça como uma coroa, mostrando seus troféus de vítimas anteriores. O Brahmaparush possui um orgulho doente de seus assassinatos.

O brahmaparush também é conhecido por carregar consigo um crânio humano. Quando ele ataca uma nova vítima, ele derrama o sangue do pescoço da vítima dentro do crânio. Após isso, ele irá beber o sangue, usando o crânio humano como um copo. Depois de ter drenado o sangue da vítima completamente, o vampiro irá então saciar-se com o cérebro dela. Logo após ele vai continuar a devorar cada parte do corpo, incluindo os ossos. Ao terminar a sua macabra refeição, ele vai enrolar o intestino de sua mais nova vítima em torno de sua cabeça e cintura, e fará uma dança ritual em torno dos cadáveres.

A sede de sangue deste vampiro é tão grande que o brahmaparush vai deleitar-se de muitos seres humanos antes que de saciar completamente. Não existem formas conhecidas para se proteger contra esse vampiro especialmente feroz, fugir e se esconder é, basicamente, a única forma de tentar escapar dele. O único capaz de fazer frente ao vampiro é um notório guerreiro, o qual é escolhido pela vila para enfrentar o mal. Ele passa por um ritual de purificação física e espiritual durante 90 dias, e ao final desse tempo, o guerreiro percorre nove santuários, nos quais ele deve rezar durante nove horas seguidas. Após tudo isso, ele empunha uma espada que passou nove vezes pela fumaça de incenso sagrado e parte então para enfrentar o brahmaparush. Anda assim, só com muita sorte ele conseguirá matá-lo sem sofrer muitos danos, os quais são quase sempre mortais.

Não é claro o modo como os brahmaparush são criados. Muitos mitos hindus sobre vampiros descrevem as criaturas como sendo uma classe de demônios separados dos seres humanos, que podem habitar os corpos dos humanos e possuí-los por um tempo, usando o corpo humano para completar a sua alimentação. 

Um comentário: