Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

terça-feira, 19 de julho de 2016

Menu Mitologia: Rhaegal e Viserion

RHAEGAL E VISERION (dragões de westeros)

RHAEGAL



Rhaegal possui escamas verdes, um verde escuro, cor de musgo na floresta profunda. Seus olhos são cor de bronze, mais brilhante do que um escuro polido e brilhante com seu próprio calor. Sua chama é laranja e amarela atravessada por fios verdes.

A Guerra dos Tronos

O ovo de Rhaegal era de um verde profundo, com manchas de lustroso bronze que iam e vinham, dependendo do modo como Dany o virava. A maegi Mirri Maz Duur declarou que para trazer uma nova vida era necessário abrir mão de outra vida. Daenerys queimou o corpo de Drogo, junto com a própria Mirri Maz Duur e os três ovos de dragão para dar vida a Rhaegal e seus irmãos, Viserion e Drogon.

A Fúria dos Reis

No dia em que Daenerys chegou em Qarth, Rhaegal e seus irmãos foram considerados uma atração maravilhosa para os habitantes da cidade ancestral.
Quando Daenerys recebeu de Quhuru Mo a notícia de que Robert Baratheon havia morrido, o verde Rhaegal olhou o estranho com olhos de ouro derretido. Quando abriu a boca, os dentes cintilaram como agulhas negras.
Durante a visita de Daenerys aos Puronatos, ela esteve com Rhaegal em seu ombro.
A Tormenta de Espadas
Rhaegal já estava ligeiramente maior do que um cachorro pequeno. Na Baía dos Escravos, Jhiqui o soltou para que atacasse os escravagistas durante o Saque de Astapor.

O Festim dos Corvos

Cada vez mais chegavam contos em Westeros sobre dragões no Oriente.

A Dança dos Dragões

Os três dragões começaram a se tornar mais selvagens. Rhaegal mordeu Irri. Sua cabeça agora era do tamanho da de um cavalo.
Quando alegaram que Drogon havia matado a pequena garota chamada Hazzea, Daenerys acorrentou Rhaegal e Viserion num fosso dentro da Grande Pirâmide.

Decidido a provar seu valor, Quentyn Martell invadiu o fosso dos dragões e tentou domá-los, mas foi mortalmente ferido com fogo de dragão por Rhaegal. Na confusão, os dragões foram soltos na cidade. Agora livre, Rhaegal fez um novo lar na pirâmide negra de Yherizan, um imenso covil escuro como uma mulher gorda adornada com brilhantes joias cor de laranja. A pirâmide agora era uma ruína fumegante com seus antigos ocupantes mortos ou refugiados.

Sor Barristan Selmy observou consigo mesmo que Rhaegal se mostrara muito mais perigoso do que seu irmão, Viserion.

VISERION



Viserion é um dos dragões nascidos no Mar Dothraki, junto com Drogon e Rhaegal. Sob o comando de Daenerys Targaryen, ele foi nomeado em homenagem ao irmão dela, Viserys Targaryen.

As escamas de Viserion são cor de creme, mas os seus chifres, os ossos da asa e sua linha espinhal tem coloração dourada.

Os dentes são adagas negras brilhantes, os olhos são duas piscinas de ouro derretido e sua chama é ouro pálido com raios de vermelho e laranja.

Viserion reconhece o próprio nome e tem um rugido que faria cem leões saírem correndo. Apesar de sua cor verdadeira ser creme, ele é constantemente referido como o dragão branco.

A Guerra dos Tronos

O ovo de Viserion tem a cor pálida de creme riscado de ouro. A maegi Mirri Maz Duur declara que para criar nova vida, seria necessário dar vida. Daenerys queima o corpo de Khal Drogo, junto da maegi e dela mesma.
Os três ovos dão vida a Viserion e seus dois irmãos: Drogon e Rhaegal.

A Fúria dos Reis

Quando Daenerys reúne seu povo e monta sua prata, ela está usando a pele de leão e tem Viserion no seu ombro. Ele afunda suas garras negras e afiadas na juba do leão e enrola a cauda ao redor do braço de Daenerys enquanto ela dá ordem para que o khalasar siga o Cometa Vermelho.

Quando Daenerys chega em Qarth, Viserion e os outros dragões se tornam a nova maravilha da cidade antiga. Quando Daenerys recebe a notícia de que Robert Baratheon havia morrido, Viserion está em seu ombro. Ele bate as asas da cor de creme, agitando o ar ao redor.

A Tormenta de Espadas

Viserion tem o tamanho de um cachorro pequeno. Na Baía dos Escravos, Irri liberta Viserion para atacar os escravagistas quando Dany ordena que os Imaculados ataquem os seus antigos mestres.

Viserion gosta do capitão mercenário Ben Mulato Plumm e às vezes pousa no ombro dele.
O Festim dos Corvos
Rumores sobre os dragões chegam a Westeros.

A Dança dos Dragões

Em Meereen, Viserion e os outros dragões não se comportam e começam a se tornar selvagens. Viserion queima o tokar de Reznak mo Reznak.
Enquanto Daenerys anda pelo terraço da Grande Pirâmide, preocupada com os Filhos da Harpia, Viserion sente sua inquietação. Daenerys o encontra enrolado em uma pereira, com a cabeça repousando sobre a cauda. Ela observa Viserion decolar e voar em círculos crescentes até que ele desaparece de sua visão, entre as águas lamacentas do Skahazadhan.

Quando Drogon mata uma garotinha nos arredores de Meereen, Daenerys tranca e acorrenta Viserion e Rhaegal dentro da Grande Pirâmide em um fosso abaixo da cidade. Daenerys conduz Viserion ao fosso sozinha e o tranca do lado de dentro com diversos bois. Ele só é acorrentado depois de se saciar e adormecer.

Daenerys é acompanhada ao fosso por Sor Barristan Selmy para visitar os dragões. Ela relembra que, não muito tempo atrás, Viserion estava em seu ombro, com a cauda enrolada no seu braço e ela o alimentava com pedacinhos de carne chamuscada na própria mão. Mais tarde, conversando com Daario Naharis, ela pensa consigo mesma que Viserion e Rhaegal ficam mais selvagens a cada dia.

Quando Dany leva o Príncipe Quentyn Martell para ver os dragões, ela percebe que Viserion rompeu uma das correntes e derreteu as outras. Agora ele se agarra ao telhado do poço, como um enorme morcego branco. As garras fincadas profundamente nos tijolos queimados.

Depois que Dany desaparece no lombo de Drogon, o Príncipe Quentyn tenta roubar um dragão, com a ajuda dos Soprados pelo Vento. Quentyn percebe que Viserion está fazendo uma caverna nos tijolos, onde ele possa dormir.

Viserion aparece e, procurando por Daenerys, é atraído por Bela Meris. Quentyn tenta controlá-lo, mas um besteiro dos Bestas de Bronze atira um dardo em Viserion e então é morto pelo dragão. Quentyn tenta usar um chicote para domar Viserion, mas sem perceber, dá as costas para Rhaegal. O dragão verde solta suas chamas e queima Quentyn fatalmente.

No fim das contas, as portas de ferro são deixadas abertas e os dois dragões fogem. Viserion faz um covil na Pirâmide de Uhlez. Depois de algum tempo, no terraço da Grande Pirâmide, Sor Barristan avista asas pálidas se movendo acima de uma linha distante de colinas além das muralhas da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário