Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

terça-feira, 28 de março de 2017

Menu Mitologias: Rumpelstiltskin

RUMPELSTILSKIN



A primeira menção conhecida de Rumpelstiltskin ocorre em 1577, com Geschichtklitterung, ou Gargantua, de Johann Fischart (uma adaptação livre de Gargantua e Pantagruel, de François Rabelais)., Rumple, Rumplestilskin ou Rumpelscoisinho é o antagonista de um conto de fadas de origem alemã, O Anão Saltador. O conto foi coletado pelos Irmãos Grimm e publicado pela primeira vez em 1812 na coletânea Contos de Grimm, sendo revisado em edições posteriores.

O conto

Para impressionar o rei, um moleiro muito pobre inventa que a filha é capaz de fiar palha e transformá-la em ouro. O rei chama a moça, fecha-a numa torre com palha e uma roda de fiar, e exige-lhe que transforme a palha em ouro até de manhã ou terá sua garganta cortada (em outra versão, o rei ameaça trancar a jovem para sempre em uma torre). Ela já tinha perdido toda a esperança, quando aparece um duende no quarto e transforma toda a palha em ouro em troca do seu colar; na noite seguinte, pede-lhe o seu anel. Na terceira noite, quando ela não tinha nada para lhe dar, o duende faz a transformação em troca do primeiro filho que a moça desse à luz.

O rei fica tão impressionado que decide se casar com ela, mas quando nasce o primeiro filho do casal, o duende regressa para reclamar o seu pagamento: 
"Agora dá-me o que me prometeste". 

A rainha ficou assustada e ofereceu-lhe toda a sua riqueza, se este a deixasse ficar com a criança. O duende inicialmente recusa, mas por fim aceita fazer uma troca: a rainha poderia ficar com a criança se ela conseguisse adivinhar o nome dele no prazo de três dias. No primeiro dia, ela falhou, mas antes da segunda noite, o seu mensageiro ouve o duende a saltar à volta de uma fogueira, cantando. 

Existem muitas variações da canção, mas a mais conhecida é:

"Hoje eu frito, amanhã eu cozinho!
Depois de amanhã será o filho da rainha!
Coisa boa é ninguém saber
Que o meu nome é Rumpelstilskin!"

Quando o duende foi ter com a rainha no terceiro dia, ela revela o nome dele e o duende perde sua aposta. Na edição de 1812 dos Contos dos Irmãos Grimm, depois disto, Rumpelstichen foge zangado e nunca mais regressa. O final foi revisto numa edição de 1857 para uma versão mais macabra onde o duende, cego de raiva, bate os pés com tanta força que se parte em dois. Na versão oral, coletada originalmente pelos Irmãos Grimm, ele voa da janela numa panela.

Outro conto de fadas dos Irmãos Grimm, Die Drei Spinnerinnen, gira em torno de uma menina presa por alegações falsas sobre suas habilidades de fiar. No entanto, as três mulheres que ajudam essa menina não exigem o seu primogênito, mas que ela as convidasse para o seu casamento e que dissesse aos outros convidados que são suas parentes. Em uma variante italiana, ela deve descobrir seus nomes, como com Rumpelstiltskin, mas não pelo mesmo motivo. Em vez disso, ela deve usar seus nomes para convidá-las.

O nome Rumpelstilzchen é de origem alemã. Rumpelstilt ou Rumpelstilz era o nome de um tipo de duende, também chamado de pophart ou poppart, que faz barulhos de chocalho em tábuas. O significado é semelhante ao de "rumpelgeist" ("chocalho fantasma") ou poltergeist, um espírito travesso que faz barulho e move objetos domésticos. Outros conceitos relacionados são mummarts ou bichos-papões, que são travessos espíritos domésticos que se disfarçam. Seu nome mais usado é Rumpelstiltskin e se pronuncia ruâmpouestilskim.

Atualmente o personagem ficou muito famoso sendo o principal atagonista do Seriado Once upon a Time (Era uma vez).

Nenhum comentário:

Postar um comentário