Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

terça-feira, 14 de março de 2017

Menu Artigos: Simbolismo da Libélula

O SIMBOLISMO DA LIBÉLULA



No Vietnã, tradicionalmente, a libélula é o símbolo da transformação e o processo constante de mudança da vida. Elas são excelentes voadoras, disparam como a luz e mudam de direção com rapidez. Considerada uma mensageira, ela transita entre ar e água, transpassando as influências de ambos os elementos por onde passa. Renovação, forças positivas e o poder da vida são as principais representações deste inseto. Ao tocar leve e rapidamente a água, elas sugerem que nossos pensamentos mais profundos emergem, vêm à tona e que é preciso ir além da superfície e buscar as decorrências mais profundas dos aspectos da vida. A sua agilidade e capacidade de se mover em todas as direções demonstram um poder de equilíbrio – o que só acontece na vida adulta da libélula, e para nós, com a maturidade. Ela se movimenta pra frente, pra trás, paira, pra cima, pra baixo, para os lados, como o sopro da mente. 

A libélula vive a grande parte de sua vida como uma criança, imatura. Voar é apenas uma fração da sua vida e dura apenas alguns meses. Ao alçar voo, ela já é adulta e o faz intensamente. Ela não tem tempo pra perder e nos lembra do poder do viver o momento e viver a vida ao máximo. Ela nos lembra que é vivendo o agora que você está em plena consciência de quem é, onde está, o que faz, o que quer e o que não quer. Elas simbolizam coragem, força e felicidade. Sorte a sua se um pousar em você. Os Vietnamitas preveem as chuvas pela maneira como as libélulas voam – voos baixos significam chuva chegando, voos altos significam dias de sol.

Já no Laos a libélula representa três valores do Budismo Teravada:

desapego (do stress)
humildade (com seu entorno)
efemeridade (do momento)

Nenhum comentário:

Postar um comentário