Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sábado, 9 de julho de 2016

Menu Mitologia: Ancalagon

ANCALAGON O NEGRO - (Mitologia da Literatura)

Ancalagon, o Negro (Sindarin: mandíbulas que avançam de anc ‘mandíbula’, alag ‘impetuoso’) foi um dos dragões alados criados dentro das obras de fantasia escritas por J.R.R. Tolkien, o famigerado autor de O Senhor dos Anéis. 

Morgoth (o primeiro e verdadeiro senhor do escuro) criou Ancalagon, o negro, durante a Primeira Era da Terra Média, como dito n’O Silmarillion. Feito para ser o maior e o mais poderoso dos dragões; e o primeiro dos dragões de fogo alados. Ancalagon foi um dos servos mais poderosos de Morgoth. Ele ergueu-se dos poços infernais de Angband como uma tempestade de vento e fogo como uma última defesa do reino de Dor Daedeloth.

Próximo do fim da Guerra da Ira que ocorreu entre as hordas de Morgoth e o exército dos Valar, Morgoth enviou Ancalagon liderando uma frota de dragões alados da fortaleza de Angband para destruir seus inimigos. Tão poderoso foi o avanço dos dragões que a tropa dos Valar recuou dos portões de Angband até as planícies de Anfauglith. Do oeste, Eärendil "O Abençcoado", em seu navio élfico voador Vingilot, auxiliado por Thorondor e as Grandes Águias, duelou com Ancalagon e a frota de dragões por um dia inteiro. Finalmente Eärendil prevaleceu, lançando Ancalagon sobre as torres de Thangorodrim e destruindo tanto o dragão quanto as torres. Com seu último e mais poderoso defensor morto, Morgoth foi logo totalmente derrotado e feito prisioneiro, terminando a Guerra da Ira.

Embora não haja consenso, Ancalagon é considerado ter sido o maior e mais poderoso dragão da Terra Média, ele é comumente referido como “pai dos dragões alados”. Como todos os Urulóki, Ancalagon aspirava fogo, considerado mais quente do que qualquer outra chama conhecida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário