Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Menu Mitologia: Papa Lebá

PAPA LEBÁ

Uma visão de EXU no Culto da Obeah.

A Obeah é um culto realizado em algumas ilhas do Caribe e a a exemplo da Umbanda também fez o seu sincretismo das culturas que se encontraram nas ilhas. Podemos dizer que é um culto primo da Umbanda e do Vodu Haitiano.

Para alguns Obeah é uma religião, para outros magia ou feitiçaria e também um modo de se fazer as coisas e de se buscar uma harmonia com a Natureza. Na OBEAH, a sabedoria e a saúde decorrem
de vivermos em harmonia com as forças da Natureza, dialogando com essas forças, que são
o ar, a terra, a água, o fogo etc. Os velhos sábios pajés, xamãs ou feiticeiros entendem que as catástrofes são formas de a Natureza reequilibrar tudo. Harmonizar-se é abrir-se aos Mistérios da Natureza.

O primeiro Mistério é chamado de oby, que significa uma força da Natureza, a força que DEUS usou para criar o mundo, algo parecido ao conceito de Axé no Culto de nação. Assim, tudo está preenchido por oby, até mesmo os espaços entre as estrelas. Esse oby seria o prana ou a energia vital, a energia divina sustentadora da Vida. Alguns seres e algumas coisas têm mais oby que outros, como o Sol, as pessoas mais fortes e saudáveis, por exemplos. Alguns lugares da Natureza também são ricos em oby e permanecer neles, ou mesmo dormir nesses lugares é uma forma de se conseguir obter desse oby. A saúde e a longevidade decorrem de uma proteção que advém de se ter mais oby. O amor é uma força de vida e sentir amor, manter-se em estado amoroso, corresponde a estar-se pleno de oby. Oby também corresponde a sorte. Quem precisa da energia da sorte precisa repor oby. As pessoas que têm muito oby possuem força magnética, têm um magnetismo especial. Participar de alguns ritos, dentro da OBEAH, já pode trazer à pessoa um bem-estar.

A arte da OBEAH é a arte de fazer a sorte. Algo semelhante a ser Umbandista, Candomblecista ou pertencer a uma religião que conscientiza seus adeptos das forças da natureza e de como entrar em contato com elas, em busca de força e harmonia com o todo.
Existem, portanto, algumas maneiras de se repor o oby, para que a pessoa tenha saúde, longevidade, sorte.As principais são:

a) pelo uso de algumas plantas, em chás ou em banhos;
b) pela participação em algumas cerimônias ou rituais, em locais especiais da Natureza, nas quais se entra em contato com entidades espirituais que naturalmente dão oby para as pessoas.

A principal entidade na OBEAH, é PAPA LEBÁ,que em algumas outras culturas é chamado de Elegbará, Elebá, Elebará, Legbá, Lebá, Légua ou Elegua que são corruptelas da divindade Gêge que se identifica com Exu na Cultura Nagô Yorubá.

Portanto Papa Lebá (Papai Lebá) corresponde ao Orixá Exu, ou mais especificamente a um dos caminhosde Exu como Papai Exu ou Babá Exu (O Pai de Todos Exus).
Na OBEAH, Papa Lebá é considerado o primeiro ser espiritual criado por DEUS. É o mais pleno de luz e de oby.
Papa Lebá está presente em todos os ritos de OBEAH. É o ser espiritual mais velho e o que tem mais poder e, por isso mesmo, é o primeiro a ser homenageado. Tanto os seres vivos (encarnados) quanto os espíritos (desencarnados) e as divindades precisam do axé de Papa Lebá.

Papa Lebá se apresenta como um vovô, figura poderosa, bondosa, amorosa e que nos chama de netos ou crianças. Ele lembra demais um Preto Velho na Umbanda. Usa uma bengala, símbolo do seu poder, a qual é desenhada no respectivo ponto riscado como se fosse um “y” mais alongado. Ainda nesse ponto de Papa Lebá, que é riscado em rituais de evocação específicos, desenha-se uma cruz, a qual está ali para simbolizaro “cruzar” de um caminho.

Na OBEAH se costuma evocar Papa Lebá para tudo, com o sentido de se querer que tudo comece bem, sob a proteção dele. Entende-se que coletivamente nós geramos energias negativas, que se condensam na atmosfera e interferem na nossa proteção e sorte, gerando violências e outros desequilíbrios. Então, Papa Lebá é evocado para criar um círculo de fogo e luz, que afastará essas energias negativas e os seres trevosos que estejam nos prejudicando.
Entre nós, foi a Igreja Católica que mudou a figura de Exu e o significado do seu culto, que sempre foi comum a várias religiões, como se ele fosse algo demoníaco, negativo, oposto ao Criador. Mas em algumas ilhas do Caribe Exu ou Papa Lebá não foi deturpado ou demonizado. Em algumas formas de Culto no Caribe, uma das qualidades de Exu é sincretizada com Menino Jesus, figura que simboliza pureza, luz, alegria e perfeição explodindo em sua mais perfeita constituição.
Tão positivo é Exu no Caribe quem muitas vezes ele também simboliza o cristo ressuscitado, aquele que venceu sua cruz, senhor da Luz.

(Anotações feitas por Maria de Fátima durante a Palestra de Edmundo Pelizari, realizada na “Casa
Esotérica”, em Praia Grande na data de 11/12/2004. Adpatada livremente por Alexandre Cumino para
fazer parte do material do Curso de Exu – O Guardiãoda Luz )

Nenhum comentário:

Postar um comentário