Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Menu Artigos: Espelhos

ESPELHOS

Existem muitos conselhos e teorias que dizem para cobrir os espelhos do quarto à noite para que a pessoa possa ter um sono tranquilo e consiga descansar de uma forma mais harmoniosa.
Existe a teoria, a qual diz que quando as pessoas dormem, seus espíritos saem e vagam durante a noite, sendo que esses "passeios" e "viagens" se refletem em sonhos e/ou pesadelos nas mentes dos adormecidos.

Já segundo o "Feng-Shui", os espelhos devem ser cobertos durante a noite para se evitar a propagação de energias negativas no ambiente, as quais prejudicam o sono e não permitem que a pessoa descanse corretamente.
Já outras linhas de raciocínio, dizem que quando os espíritos saem dos corpos dos adormecidos à noite, e se deperam com espelhos, eles vêem a própria imagem flutuando no "éter", se assustam e voltam rapidamente para os corpos de origem, fazendo com que as pessoas acordem sobressaltadas, podendo provocar problemas emocionais ou físicos em quem passa por essa experiência.

Segundo essa teoria, outra possibilidade também é a de que o espírito, ao se ver em frente ao espelho, se perca do caminho de volta, ficando perdido, fazendo com que a pessoa adormecida fique em estado de dormência eterna, ou chegando até a morrer.
Por isso, cobrir os espelhos dos aposentos à noite, pode ser um bom cuidado à ser tomado para se evitar surpresas desagradáveis.

O espelho  famoso, com certeza é o da madrasta da Branca de Neve, no entanto,  mas outras histórias tem ele como protagonista, como o caso abaixo:
O Caso "Nancy Fieldman":

Nancy Fieldman era uma moça bonita e inteligente, de origem humilde que trabalhava em uma mansão na Inglaterra, juntamente com sua mãe por volta do ano 1870.
Segundo a história, o dono da mansão onde Nancy e a sua mãe trabalhavam, era um homem com sérios problemas de personalidade, um "psicopata" sem escrúpulos, que as tratava muito mal, deixando-lhes apenas as sobras dos seus jantares e um quarto frio onde as duas se acomodavam durante a noite, naquela mansão com inúmeros quartos quentes que ficavam trancados para o uso apenas dos hóspedes e convidados.

Devido ao tratamento desumano e também a uma anemia profunda, a mãe de Nancy veio a falecer, deixando à sua filha, os seus únicos bens materiais, que eram: uma pequena boneca de pano e um espelho emoldurado em mármore, deixado pelo seu pai com o seguinte dizer: "Serei o reflexo da tua alma onde quer que esteja" (gravado na parte inferior do espelho).
Nancy era uma moça tímida, porém muito sorridente. Entretanto, com a morte da sua mãe, Nancy entrou numa forte depressão e queria abandonar a mansão.
O dono da mansão ao saber das suas intenções, trancou a menina no porão, de onde ela não podia sair, e o que era pior, a garota passou a ser violentada todas as noites naquele lugar.

Certo dia, cansada desse sofrimento e sentindo muitas dores, Nancy tentou reagir às agressões a que era submetida, e deu um golpe com sua boneca de pano na cara do homem.
O dono da mansão, muito revoltado com a moça, esbofeteou-a e asfixiou-a com a própria boneca.
A menina derrubou o espelho que sua mãe havia lhe deixado ao se debater no chão, e ainda sem ar disse suas últimas palavras:

"Serei o reflexo da tua alma onde quer que esteja...".
Semanas depois o homem foi encontrado com os cabelos completamente grisalhos, morto sem explicação, e com um pedaço do espelho entre as mãos.
Até hoje a morte desse homem tem sido um mistério.
Dizem que muitas pessoas morreram ou ficaram loucas após se apoderarem daquele pedaço de espelho e muitos dizem ver o reflexo da pequena Nancy refletido através dele.ESPELHOS

Existem muitos conselhos e teorias que dizem para cobrir os espelhos do quarto à noite para que a pessoa possa ter um sono tranquilo e consiga descansar de uma forma mais harmoniosa.
Existe a teoria, a qual diz que quando as pessoas dormem, seus espíritos saem e vagam durante a noite, sendo que esses "passeios" e "viagens" se refletem em sonhos e/ou pesadelos nas mentes dos adormecidos.
Já segundo o "Feng-Shui", os espelhos devem ser cobertos durante a noite para se evitar a propagação de energias negativas no ambiente, as quais prejudicam o sono e não permitem que a pessoa descanse corretamente.

Já outras linhas de raciocínio, dizem que quando os espíritos saem dos corpos dos adormecidos à noite, e se deperam com espelhos, eles vêem a própria imagem flutuando no "éter", se assustam e voltam rapidamente para os corpos de origem, fazendo com que as pessoas acordem sobressaltadas, podendo provocar problemas emocionais ou físicos em quem passa por essa experiência.

Segundo essa teoria, outra possibilidade também é a de que o espírito, ao se ver em frente ao espelho, se perca do caminho de volta, ficando perdido, fazendo com que a pessoa adormecida fique em estado de dormência eterna, ou chegando até a morrer.
Por isso, cobrir os espelhos dos aposentos à noite, pode ser um bom cuidado à ser tomado para se evitar surpresas desagradáveis.
O espelho  famoso, com certeza é o da madrasta da Branca de Neve, no entanto,  mas outras histórias tem ele como protagonista, como o caso abaixo:
O Caso "Nancy Fieldman":

Nancy Fieldman era uma moça bonita e inteligente, de origem humilde que trabalhava em uma mansão na Inglaterra, juntamente com sua mãe por volta do ano 1870.
Segundo a história, o dono da mansão onde Nancy e a sua mãe trabalhavam, era um homem com sérios problemas de personalidade, um "psicopata" sem escrúpulos, que as tratava muito mal, deixando-lhes apenas as sobras dos seus jantares e um quarto frio onde as duas se acomodavam durante a noite, naquela mansão com inúmeros quartos quentes que ficavam trancados para o uso apenas dos hóspedes e convidados.
Devido ao tratamento desumano e também a uma anemia profunda, a mãe de Nancy veio a falecer, deixando à sua filha, os seus únicos bens materiais, que eram: uma pequena boneca de pano e um espelho emoldurado em mármore, deixado pelo seu pai com o seguinte dizer: "Serei o reflexo da tua alma onde quer que esteja" (gravado na parte inferior do espelho).

Nancy era uma moça tímida, porém muito sorridente. Entretanto, com a morte da sua mãe, Nancy entrou numa forte depressão e queria abandonar a mansão.
O dono da mansão ao saber das suas intenções, trancou a menina no porão, de onde ela não podia sair, e o que era pior, a garota passou a ser violentada todas as noites naquele lugar.

Certo dia, cansada desse sofrimento e sentindo muitas dores, Nancy tentou reagir às agressões a que era submetida, e deu um golpe com sua boneca de pano na cara do homem.
O dono da mansão, muito revoltado com a moça, esbofeteou-a e asfixiou-a com a própria boneca.

A menina derrubou o espelho que sua mãe havia lhe deixado ao se debater no chão, e ainda sem ar disse suas últimas palavras:
"Serei o reflexo da tua alma onde quer que esteja...".
Semanas depois o homem foi encontrado com os cabelos completamente grisalhos, morto sem explicação, e com um pedaço do espelho entre as mãos.
Até hoje a morte desse homem tem sido um mistério.

Dizem que muitas pessoas morreram ou ficaram loucas após se apoderarem daquele pedaço de espelho e muitos dizem ver o reflexo da pequena Nancy refletido através dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário