Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Os Senhores de Águas Profundas - Jogo de Tabuleiro

OS SENHORES DAS ÁGUAS PROFUNDAS - JOGO DE TABULEIRO

Fonte: Tomodevelino

Salve leitores do Forja RPG e aficionados por jogos de RPG, tabuleiro e qualquer outra coisa lúdica!
No final de semana passada, como mencionei no Rio de Dragões, abri as portas de minha casa para uma jogatina noturna, coisa que não fazia a muito tempo e na ocasião experimentei o Lords of Waterdeep, jogo de tabuleiro da Wizards of the Coast, muito bem ambientado – diga-se de passagem – na famosa Águas Profundas.

Mais do que jogar o LoW, eu queria saber se os elementos do jogo evocavam realmente o gosto dos Reinos Esquecidos, e para meu deleite, o jogo me surpreendeu neste quesito. A sensação de reconhecer os elementos do jogo e suas histórias a medida que o jogo ia se desenrolando era fantástico, ainda mais com a quantidade de elementos gráficos e as possibilidades de uma campanha inteira ser desenvolvida a partir dos elementos presentes no jogo de tabuleiro.

Bem-vindos a Waterdeep, a Cidade dos Esplendores! Você é um Senhor de Waterdeep, um dos regentes secretos desta grande cidade. Através de seus agentes, você recrutará aventureiros para completar missões e avançar suas agendas. 
Os Senhores de Waterdeep tem a segurança da cidade em seus corações, mas cada um possui também seus próprios planos! Através de transações ilegais, mercenários e do velho suborno, você poderá guiar a cidade e tornar-se o maior Senhor de Waterdeep?

O tabuleiro do jogo representa a cidade de Waterdeep e vários de seus distritos, com algumas construções para onde os senhores da cidade enviam os seus agentes em busca de aventureiros (clérigos, guerreiros, ladrões e magos), recursos, missões ou intrigas…
Cada um dos jogadores, no início do jogo, escolhe aleatoriamente o seu senhor secreto, que possui uma condição de ganho de pontos no final do jogo, como por exemplo, resolver missões de ladinagem e arcanas. 

A única forma de avançar em XP pontos de vitória é realizando as missões e juntando mais missões cumpridas ao longo do jogo, alinhadas ao senhor secreto e podem ser arcanas, comércio, fé, ladinagem e guerra. 
As intrigas envolvem o ganho mútuo ou uma missão prioritária jogada em um oponente, o qual só poderá completar outras missões após resolver esta missão prioritária.

O jogo desenvolve-se ao longo de oito turnos, nos quais os jogadores colocam os seus agentes em nove construções, existindo ainda espaço para construção de mais dez ao longo do jogo. Cada construção serve como local de recrutamento dos aventureiros e captação de recursos, como a Aurora’s Realms Shop, onde o agente que for alocado lá, receberá 4 moedas de ouro, ou The Grinning Lion Tavern, onde o agente recruta dois ladinos.
O jogo tem uma boa dinâmica, sendo rapidamente assimilável, mas é extremamente dependente da leitura, principalmente em função das missões e das intrigas. 
Lords of Waterdeep possui mecânicas e jogabilidade completamente diferentes de outros jogos da Wizards of the Coast, como os também desafiadores Castle Ravenloft e Conquest of Nerath.

Minhas palavras sobre o jogo: RECOMENDADÍSSIMO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário