Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Menu Artigos: Comprando Jogos de Tabuleiro no Brasil

COMPRANDO JOGOS DE TABULEIRO NO BRASIL


Original por Franciolli Tomodevelino 

(O texto abaixo foi originalmente publicado para o aBoard Games)
  
Saudações leitores e leitoras! O aBoardGames está parado, mas ainda não morreu (bem, não completamente). Mas para compensar a falta dos vídeos, resolvi responder uma pergunta que recebo pelo menos uma vez por semana: onde comprar estes excelentes jogos de tabuleiro? Ainda não é nada fácil encontrar estes jogos para vender no Brasil, e para muita gente importar um jogo é uma opção arriscada demais.

Aviso Inicial

Primeiro, é preciso deixar algo bem claro. Comprar e colecionar board games é um hobby caro. Eu mesmo fiquei sem comprar nenhum jogo por mais de um ano, e até hoje garimpo pelas ofertas de usados e procuro trocar os jogos que estão pegando poeira. Apesar de ser fácil comparar o preço de um jogo de tabuleiro importado com um jogo de PS3 ou XBOX, a verdade é que no final acaba saindo muito mais caro por dois motivos: frete e impostos. Por serem muito maiores do que uma caixa de DVD, os fretes são muito caros. Não é raro pagar 60 a 80 dólares de frete em um pedido de 2 ou 3 jogos em uma loja nos Estados Unidos, muitas vezes gastando próximo do valor do jogo. E mesmo depois de gastar esta pequena fortuna em frete, ainda existe um risco muito real de receber os temidos 60% de taxa de importação. O melhor conselho que recebi para compras internacionais é: sempre esteja preparado para pagar o imposto. Dessa forma, se você tiver a sorte de não pagar, é uma alegria.

Comprando no Brasil

Comprar no Brasil é a opção mais simples, para quem não tem cartão de crédito internacional, ou ainda tem medo de gastar 400 reais em uma compra internacional de uma vez. Confesso que boa parte dos jogos que tenho eu consegui pelo Brasil mesmo. O grande problema é que invariavelmente você vai acabar gastando mais do que se mandasse importar os jogos.
Você pode começar comprando jogos já produzidos no Brasil. Felizmente a oferta tem melhorado bastante, com várias empresas lançando excelentes jogos traduzidos para nossa língua pátria. Mesmo que não seja possível encontrar os jogos nas lojas, você sempre pode pedir do próprio site da editora. Segue uma pequena lista:

• Jambô Editora: Lança e revende jogos
• Galápagos Jogos: Já lançaram diversos jogos, tanto importados como originais. Munchkin, Vale dos Monstros, Guerra dos Tronos Card Game, O Último Grande Campeão, Horse Fever, Mafia, Summoner Wars, entre outros.
• Ceilikan: Tem apenas um jogo traduzido, que é o excelente Samurai, mas produz os originais Pássaros, Ouro de Tolo, Deterrence, Viajantes, entre outros.
• Grow: Apesar de ser sinônimo dos maçantes Banco Imobiliário e War, eles também traduziram os excelentes Carcassonne (no Brasil ficou como Domínios de Carcassonne) e Colonizadores de Catan, e já falamos de ambos por aqui.

Além das três, ainda tem outras empresas aparecendo, como a própria FunBox que está produzindo seu primeiro jogo próprio, a MS Jogos com o excelente Gran Circo, Coisinha Verde com o card game Goblins, e a RDG cujo site infelizmente está em reformulação. (Se eu esqueci de mencionar alguém, por gentileza avisem nos comentários que eu adiciono imediatamente!). Hoje em dias existem muitas opções completamente nacionais, e não tem desculpa para ter preconceito apenas por causa da língua.

Vale a pena citar também os lugares onde você pode experimentar os jogos sem comprar. Em São Paulo, existe a FunBox que faz aluguel de jogos de tabuleiro, e a Ludus Luderia que é um bar-ludoteca-lanchonete bem bacana. Em Curitiba tem a Meeple House, com uma proposta bem semelhante a da Ludus em SP.

Agora se você ainda está procurando aquele jogo de tabuleiro importado para comprar, ainda existem mais opções. A primeira é procurar no Mercado Livre, onde algumas pessoas anunciam seus jogos. É preciso sempre ficar bem atento com a reputação do vendedor e principalmente com o preço: apesar de às vezes aparecer um bom negócio, a maior parte das vendas é por um preço bem salgado (300-400 reais por um jogo de 50-60 dólares).

A outra opção e a que eu já utilizei bastante é ficar de olho nas listas de e-mail de boardgames no Brasil. A maior delas e de alcance nacional é a BG-BR. Basta você assinar a lista e você já vai receber por e-mail tudo que o pessoal estiver discutindo. Boa parte do tempo aparece gente anunciando vendas ou trocas de jogo, e aí é só entrar em contato com a pessoa. De vez em quando aparecem ainda indicações para leilões feitos no Board Game Geek, que também já me renderam excelentes negócios. Basta ficar atento e ignorar as flame wars que invariavelmente aparecem. Existem também listas localizadas, como a de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis, Distrito Federal, Fortaleza, Belo Horizonte, ABC Paulista e Salvador. Além de ser um bom lugar para procurar jogos, também vale a pena entrar na lista nacional e/ou local para se enturmar, participar de encontros, pedir opiniões e tirar dúvidas dos jogos.

Ainda dentro das listas, várias pessoas também costumam trabalhar com encomenda. Muitos que importam jogos regularmente também fazem através de pedidos, que quando chegam no Brasil são encaminhados para o comprador. Quando ainda estava começando utilizei esta opção, que muitas vezes pode ser interessante se você quer pedir apenas um jogo. Eu não irei indicar ninguém aqui para não ser injusto, mas basta perguntar nas listas que certamente indicarão alguém. A dica é procurar alguém que além de confiável more próximo de você: um SEDEX para o outro lado do Brasil de um jogo grande pode facilmente chegar a 60-70 reais.

Muitas pessoas ficam revoltadas ao verem os preços praticados por quem vende jogos importados no Brasil, e algumas vezes realmente o preço é astronômico comparado com o preço do mesmo jogo no exterior. No entanto, deve-se sempre levar em conta o fator comodidade: você paga a mais para ter o jogo muito mais rápido, e sem risco de surpresas desagradáveis, além de não precisar de um cartão internacional. Cabe a cada um pensar se vale a pena pagar este valor extra por este conforto.

Comprando no Exterior

Pois bem, você decidiu que mandar importar os jogos que você tem interesse é o melhor caminho e quer saber de onde encomendar. Primeiro algumas orientações:

Impostos: O maior medo de todo mundo é ser pego na alfândega e receber uma bela taxa de 60% nos jogos. Isso é possível de acontecer em qualquer encomenda, mas existem algumas maneiras que muitos acreditam diminuir o risco. O principal é limitar os pedidos a 3 ou 4 jogos por vez, dependendo do tamanho. Supostamente uma caixa menor chama menos atenção do que uma caixa maior. O importante dizer é que isso é feito completamente por amostragem. Às vezes você vai dar sorte, às vezes azar. Tem gente que pede 10 encomendas seguidas e não é taxado, enquanto outros são taxados na primeira vez que pedem. O importante é estar preparado para pagar os 60% de imposto sobre o total dos jogos e do frete. Sim, o imposto vem em cima do frete também. Alguns estados ainda podem cobrar ICMS além do II, o que que pode somar mais 12-18% no valor do imposto. Pois é, eu disse que não era barato.
Frete: A dica principal é nunca escolher uma entrega por Courier. Courier são transportadoras internacionais, como a FEDEX e a DHL. Todas elas trabalham em conjunto com a alfândega, e você vai ser taxado 100% das vezes que pedir dessa forma. Além disso, o valor deste frete é absurdamente gigantesco. O melhor frete é o “USPS Priority International“, que tem rastreio depois que entra no Brasil pelo próprio site dos Correios. Fuja dos fretes mais baratos, exceto se o seu pedido foi muito pequeno, pois eles não tem rastreio e se a encomenda se perder é capaz que você nunca a recupere. Fazendo a compra pelo USPS Priority International, o tempo de entrega pode variar entre 10 a 30 dias, dependendo do tempo que ficar na alfândega. Eu já tive entregas feitas em apenas 12 dias, mas também já soube de muitos casos de 2, 3 meses, além de extravio. Eu retirei da lista BG-BR um guia escrito pelo Alexandre Gondim que ensina como entender o rastreio das encomendas internacionais, vale a pena a leitura.
Ok, ciente dos riscos, vamos à lista de lojas:

Cool Stuff Inc: Foi nesta loja que fiz todos os pedidos internacionais até agora, e é a que tem mais indicações nas listas de e-mail. Você consegue calcular o valor do frete apenas colocando no carrinho, o que é bem prático. Também é a loja com o maior catálogo, sempre recebendo os lançamentos bem rapidamente. Algumas vezes eles não enviam o tracking number imediatamente, mas bastou mandar um e-mail para eles que eles me informaram prontamente. No entanto, algumas pessoas não tiveram tanta sorte e foram informadas que a loja não é obrigada a enviar o tracking number. Por causa disso, algumas pessoas recomendam a segunda opção de loja, que é…
Boards and Bits: Também muito bem recomendada, embora tenha um catálogo menor do que a CSI. A vantagem é que eles sempre enviam o tracking number, sem exceção. Como desvantagens, além do catálogo menor, o frete fica ligeiramente mais caro do que na CSI, mas sempre vale a pena comparar.
Amazon: Agora a Amazon americana também manda alguns jogos de tabuleiro pra o Brasil, mas ela sempre cobra os impostos antecipadamente, no momento da compra. Pessoalmente não vejo vantagem, mas o nome pode ser importante para algumas pessoas. Por outro lado, a loja da Amazon da Alemanha tem um catálogo de board games bem mais amplo, e com frete fixo por unidade.
Book Depository: A BD é um excelente site para compra de livros, pois tem um enorme diferencial: frete grátis. E muitas vezes aparecem board games pelo site, que também são enviados com frete grátis para qualquer lugar do mundo. Parece bom demais para ser verdade? Bem, o preço dos jogos por lá é bastante salgado, e eles não dão nenhum tipo de tracking number. Os jogos demoram 2 meses para chegar, e não é raro eles simplesmente não chegarem. Eu não tenho tanta coragem assim, mas muita gente já pediu e ficou satisfeitae v.
Outras Lojas: Outras lojas também foram sugeridas por pessoas que tiveram boas experiências importando os jogos para o Brasil. A Diver é uma loja portuguesa que tem um frete meio salgado mas chegou dentro do prazo. A Miniature Market e a Troll and Toad também foram bem recomendadas, mas não tive experiência com elas ainda.
Sempre que possível eu tento fazer o pagamento pelo Paypal, que tem menos burocracia e você pode protestar caso não receba os jogos. Para comprar no exterior você precisa de duas coisas: paciência e sorte. Esteja preparado para pagar os impostos e você não vai ser surpreendido pela cobrança na porta da sua casa. Se você tiver alguma experiência, sugestão ou crítica, por favor deixe um comentário. E por fim, boa sorte e boas compras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário