Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sábado, 30 de agosto de 2014

Menu Mitologias - Isfet Herdeiro do Abismo

ISFET - Herdeiro do Abismo

Isfet, o deus do caos e herdeiro do abismo absoluto. Por mais que eu não estivesse formado, eu sentia. Conhecia tudo que existia em meus domínios, o imenso mar do caos.Porém, o mar era eu próprio, sem ter vontade alguma de tomar uma forma, pois, para que tomar forma quando não se é o herdeiro do nada absoluto? Não via motivo para isso.Até que senti algo sair de mim. Uma presença que não fazia parte de mim, pelo menos não mais. Uma escuridão imensa ocupou parte do meu ser monocromático, do meu mar infinito. Esta escuridão tinha pontos minusculos, brilhantes. Eu a chamei Nix. Depois, e não sei se este depois foi logo ou demorado, já que não me interesso por pensar nisso, senti outra parte de mim mudar. Algo ainda mais escuro que Nix, denso, profundo. Eu o chamei Érebo.Estes dois logo estavam unidos, e comecei a temer que mais deles pudessem surgir e me fazer algum mal. Na verdade, eles aos poucos construíam mundos e reinos onde viviam e governavam. Então achei que seria necessário que eu, o primeiro e absoluto herdeiro do abismo insondável, tivesse meu próprio reino.Resolvi tomar uma forma, mas isso é difícil quando se é colossal. Então, formei com uma pequena parte de mim um corpo.
Criei meus domínios e me cerquei de súditos, os quais criei e recrutei dos seres que meus filhos criavam. Meus chamados filhos me visitavam com frequência, mas creio que mais para me vigiar em vez de se importarem comigo.Achei necessário compartilhar com eles que meus semelhantes também estavam originando mundos e seres, então lhes revelei que existe um vasto e inexplorado mundo acima de onde vivemos. Isso os animou um pouco, e saíram para explorar.Por precaução, criei um tenente de meus domínios, um general imbatível e indestrutível que se ergueu de meu mar para governar minhas forças. O chamei Apófis, o detentor de uma fração do meu poder, o poder do caos.Depois de tantos feitos, fiquei totalmente enfadonho e cansado, então resolvi dormir um pouco ou muito, depende bastante. Espero ansioso o dia em que acordarei, disposto para reencontrar meus irmãos e ver o trabalho que fizeram em seus mundos e reinos, assim como supervisionar o que meus filhos e meu general têm feito.Pois, se o que eu ver não me agradar, mergulharei toda a criação existente em todos os mundos e planos no puro caos.Pois eu sou o herdeiro legítimo do Abismo Insondável, o grande Nada. O primogênito do universo. Sou o Caos. Sou Isfet.

#mitologia #mitologiagrega #mitologiaegípcia #deuscaos #isfet #cronicasdosnovosdeuses

Nenhum comentário:

Postar um comentário