Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

sexta-feira, 18 de março de 2016

Menu Mitologia: A Criação do Homen

A CRIAÇÃO DO HOMEN



A terra era um maravilhoso jardim de eterna Primavera, em que reinava a Aurora, envolvida em seu manto de gás, resplandecente à primeira luz do dia...

No reino de Éter, só pairava o espírito de Guaraci, enchendo o espaço de eterna luz, que dourava o cimo dos montes e coloria as vestes da bonina, sempre bailando ao som da melodiosa sinfonia...

Todas as coisas resplandeciam de luz...As nuvens, que pairavam sobre a terra, eram prateadas, como prateada era a lira, em que os ventos tangiam músicas divinas...

No meio de tanta luz, não dominava o espírito de Juru-Pari...

Um dia, Guaraci, passeando no isolamento do seu palácio, contemplou a imensidão do firmamento e viu, muito distante, o Reino da Noite, luzente de estrelas...

Guaraci apaixonou-se por Jaci e implorou ao gênio Criador que deixasse a noite reinar sobre a Terra, para que o amor envolvesse as coisas e sua alma se unisse em ondas à alma de Jaci...

A noite reinou sobre a Terra... Foi deslumbrante a festa dos esponsais de Guaraci e com a noite veio o espírito das trevas, Juru-Pari e seu cortejo de maldade. A malícia uniu o Masculino e o Feminino. Nasceu o pecado.

Jaci amou Jaci. Guaraci separou-se da esposa. Nasceu o ciúme...

Hoje, Guaraci é o Rei do Dia e da Vida e resplandece todas as coisas... Jaci é a rainha da Noite, a divindade do sono, e guarda os mistérios dos sonhos.

Quando Jaci chega, Guaraci desaparece. Busca outras regiões e deixa a deusa passear, sozinha, no reino de Tupã...

Todas asa coisas adormecem...Somente Saci solta, nas matas, seu gemido de saudade – Jaci! Jaci!...

Jaci...Toda a alma da Natureza vibrou o céu brilhante de Constelações...

Sob o império do Amor, todos os corpos uniram-se, dando vida aos elementos...

O espírito de Tupã fecundou a Terra e foi criado o primeiro homem...Ele vivia triste...Seu coração não vibrava sob a força mágica do Amor...Tupã deu-lhe, então, uma companheira, Alma irmã de sua Alma. Nasceu a primeira mulher...

Nenhum comentário:

Postar um comentário