Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quinta-feira, 17 de março de 2016

Menu Mitologia: Baba Yaga, a Bruxa Russa

BABA YAGA, A BRUXA RUSSA

No folclore do leste europeu, há uma criatura sobrenatural que vive no canto mais obscuro de uma floresta selvagem, quase inacessível. A vegetação nesse lugar cresce de maneira incomum, não natural; a copa das árvores impede a entrada dos raios de sol; os troncos são tomados de fungos venenosos e mesmo os arbustos são cheios de espinhos. Os animais silvestres evitam esse bosque maligno; onde deveria soar o canto de pássaros e o zumbido de insetos, repousa apenas um silêncio sepulcral. Nessa floresta sinistra, há uma cabana velha alicerçada em pés de galinha (e por isso a cabana está sempre em movimento) e onde a fechadura da porta é uma boca cheia de dentes, lá habita Baba Yaga.

Ela é uma bruxa, comumente retratada como uma mulher bastante idosa, com ossos salientes, olhos chamuscados como carvão em brasa e com cabelos de cardo saindo do seu crânio. Essa aparência repugnante caía como uma luva em seu aspecto sombrio e sua personalidade caótica, cercada de mistérios e incertezas, geralmente de aparência feroz. Diferentemente das bruxas clássicas, Baba Yaga voa sempre em cima de um almofariz (ou caldeirão) e empunha sempre um pilão. Ela só utiliza a vassoura para apagar os seus rastros, impedindo que a encontrem.

Baba Yaga possui tanto uma faceta cruel quanto uma benevolente. Em sua forma má, ela tinha o costume de caçar homens de personalidade ruim. Estes eram levados mortos para sua casa e lá eram revividos por ela para serem devorados em seu caldeirão ou utilizados para algum feitiço. Os ossos eram utilizados como vedação externa para sua casa e os dentes eram usados na fechadura da porta. No panteão eslavo era tratada como a "Deusa da Morte". Baba Yaga não é portadora de uma lenda única, pois aparece em várias histórias e contos eslavos.

As vezes Baba Yaga ajuda as pessoas e pode até desempenhar um papel maternal, possui também bastante ligação com os animais selvagens da floresta. Em alguns casos dizem que ela costuma ajudar crianças perdidas na floresta a acharem o caminho de casa. Foi só em tempos mais modernos que sua figura foi atribuída a uma mulher devoradora de crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário