Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Menu Mitologia: O Pai sombrio e a primeira Cidade (RPG Vampiro WOD)

O PAI SOMBRIO E A PRIMEIRA CIDADE


"Estes são os trechos que descrevem a provável origem vampírica; relata desde fatos da vida de Caim e Abel até a formação da Primeira Cidade, Enoque"

Caim, após ter seus presentes reprovados por Deus, sacrifica seu irmão Abel, aquilo que lhe era mais valioso. Algum tempo depois de ser banido para as longínquas terras de Nod, Caim encontra-se com Lilith, que inicia seu despertar. Então, três (quatro) anjos o visitam, oferencendo três chances de redenção: Miguel, portador da chama sagrada, que após receber a resposta negativa de Caim o amaldiçoa e a seus filhos com o temor e a destruição pelo fogo; Raphael, guia do Sol, amaldiçoa Caim e sua descendência com o temor e destruição pela luz sagrada do Sol, após receber um outro não; Uriel, anjo da Morte, completa a maldição vampírica, condenando Caim e seus filhos a beberem sangue por toda a eternidade, após receber a terceira recusa.
No entanto, Gabriel, anjo da Misericórdia, surge após Uriel, dizendo que Deus deixou uma trilha eterna de salvação para Caim e sua descendência (a lendária Golconda).
Depois destes acontecimentos, Caim, guiado por Lillith, desenvolve Disciplinas (os poderes vampíricos), e mais tarde parte para construir seu próprio reino.
Caim inicia a construção da Primeira Cidade, onde dá origem a outros vampiros, desobedecendo novamente a Deus, o que acaba causando uma guerra eterna entre seus descentes, conhecida como Jyhad. Os filhos diretos de Caim foram Zillah, Irad e Enoque, conhecidos como Segunda Geração; estes deram origem à Terceira Geração de vampiros, os Antediluvianos (assim chamados por terem vivido antes do Dilúvio).

Caim finalmente se estabeleceu numa cidade, uma vez conhecida como Ubar. Ela era habitada pelos "Filhos de Seth" e governada pelo Rei Enoque. As pessoas de Ubar estavam cientes da marca de Caim e foram tanto maravilhadas quanto atemorizadas por seu poder e assim começaram a adorá-lo. Ao chegar na cidade, Enoque abandonou seu reinado, para que Caim pudesse governar em seu lugar.

De acordo com uma lenda , estando entre os mortais, Caim percebeu um casal que era muito apaixonado. Ver seu amor amplificou sua própria solidão e pecado. Após haver se debruçado sobre seu pecado por uma eternidade, Caim pensou que talvez pudesse reconciliar algo em sua natureza ao abraçá-los com o dom da imortalidade, para que seu amor vivesse por toda eternidade. Contudo, quando os amantes descobriram que não teriam filhos juntos, apo´s terem sido abraçados, num ato de desespero, os dois caminharam em direção à luz do sol para sua Morte Final. Caim estava tão inconsolável com o ocorrido que proibiu a qualquer um de pronunciar seus nomes. Assim, seus nomes foram perdidos na história.

O antigo rei, Enoque, desejava o poder de Caim e solicitou-o. Contudo, Caim mostrou alguma relutância devido à perda dos amantes que abraçou décadas antes e ao aviso de Uriel. Ainda que a fúria da Besta Interior, a ânsia de estar com outros como ele, e Enoque definitivamente pedindo pelo abraço, Caim transformou o jovem homem. Em honra a seu novo filho vampírico, Caim declarou que Ubar agora seria conhecida como a Cidade de Enoque. Após algum tempo, Enoque desejava irmãos Membros. Com a insistência de Enoque, Caim abraçou sua segunda cria, Irad, transmitindo a ele uma força diferente de qualquer outra. Irad assim se tornou o braço de Caim, um comandante de exércitos. Logo a seguir, foi Zillah.

Zillah era tão bela, que Caim não pode resistir ao abraço. Interessante, mesmo após o abraço, Zillah não o desejou. Isso frustrou Caim ao ponto dele arrancar o cabelo de sua cabeça. Finalmente, Caim buscou a mágica de Velha, que definitivamente o prendeu num laço de sangue. Esta descoberta do Laço de Sangue foi o que finalmente prendeu Zillah a Caim para que ele pudesse se casar com ela.

Agora haviam três crias da Segunda Geração que coexistiam na Cidade de Enoque: Enoque, Irad, e Zillah. Eles por sua vez aprenderam a forma de gerar progênie e abraçaram a Terceira Geração. Sob as ordens de Caim, ele declarou como lei que não mais crias fossem feitas. Supsotamente eles obedeceram e a cidade prosperou por eras, se tornando a Primeira Cidade dos vampiros.

A economia da cidade prosperou com a sabedoria tecnológica e agrícola que Caim trouxe à Primeira Cidade. Um, tendo vagado por todo o Berço da Civilização, ele foi capaz de trazer a tecnologia suméria, chamada de "a roda". Dois, sendo um agricultor na maior parte de sua vida, Caim cultivou pomares perfeitos e maravilhosos. Então por gerações, sob o governo de Caim, a economia prosperou, e a cidade se tornou um poderoso Império. Os Antediluvianos da Terceira Geração construíram até mesmo estátuas, santuários, templos, uma grande biblioteca, e piscinas cercando um grande palácio de cinco andares, do qual Caim governava, sobre seu sublime trono de marfim.

O Dilúvio mudou tudo. Ele destruiu a Cidade de Enoque e todos os "Filhos de Seth". Caim estava tão triste, que desapareceu. Suas crias e as crias de suas crias que sobreviveram procurarm por ele, e quando o encontraram Caim lhes disse para irem embora. Deixados à própria sorte, os Antediluvianos terminaram "matando" a segunda geração de crias de Caim. Quando descobriu o que aconteceu, Caim buscou os Antediluvianos que haviam reconstruído uma nova cidade, conhecida como a Segunda Cidade. Sem o conhecimento deles, o Pai Sombrio amaldiçoou seus descendents com fraquezas características a cada clã.

Fragmento do Livro de NOD - RPG Vampiro a Mascara. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário