Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Menu Mitologia: O Ceifeiro

O CEIFEIRO



Os Ceifeiros, ou Ceifadores, são seres sobrenaturais presentes em diversas culturas do mundo de maneira semelhante. No ocidente, a imagem do Ceifeiro, que também é chamado de Anjo da Morte ou, simplesmente, Morte é associada a uma figura esquelética carregando uma gadanha (ferramenta parecida com a foice, que representa a ação de "colher" as almas, assim como na agricultura) e vestida com uma túnica e um capuz pretos. No oriente é chamada de Yama, Yanluo, Enma Dai Oh, Rei Yomna, ou mais recentemente, Shinigami (Deus ou Anjo da Morte).

Muitas religiões e culturas acreditam na existência de um espírito ou divindade responsável por guiar as almas após a morte de uma pessoa, cuidar dessas almas ou simplesmente para cortar os últimos laços entre a alma e o corpo. Existem crenças na existência de não apenas um, mas vários ceifeiros, espalhados por todo o planeta, cada um com sua função de guiar as almas dos mortos para "o outro lado". Ainda segundo essa crença, quando uma grande catástrofe natural (furações, tsunamis, terremotos etc.) ou guerras estão para acontecer, os ceifeiros se reúnem para guiar a grande quantidade de vítimas desses incidentes.

Algumas lendas urbanas dizem que padres excomungados da Igreja se tornaram necromantes e, através de rituais macabros, poderiam controlar um ceifeiro, de tal maneira que passariam a decidir quem vive e quem morre.

Para muitas pessoas, o Anjo da Morte se refere ao Arcanjo Gabriel que, na cultura hebraica, aparece como "o vingador arcanjo" e "o destruidor de mundos". Na bíblia, também encontramos a figura de Abaddon (ou Apollyon), um anjo cuja verdadeira identidade é um mistério, e que aparece no livro de Jó (capítulo 26, versículo 6) e no livro do Apocalipse (capítulo 9, versículo 11), onde é chamado de "Anjo do Abismo". Nas tradições judaicas antigas, de onde a Bíblia surgiu, o anjo da morte era chamado pelo nome de Samael, anjo esse que, para os estudiosos bíblicos, principalmente a partir do Novo Testamento, é identificado como Satanás "o que tinha o império da morte" (Hebreus, 2:14).



Nenhum comentário:

Postar um comentário