Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Menu Mitologia Nórdica: Björn Ironside

BJÖRN IRONSIDE



A História de Björn Ironside, filho de Ragnar Lodbrok
Bjorn Ironside foi um dos reis da Suécia, que viveu no século IX e foi um dos fundadores e o primeiro governante da dinastia sueca chamada dinastia Munsó.

Ao contrário de como ele foi retratado no programa de TV do History Channel, Vikings, Lagertha Shieldmaiden não era a mãe de Bjorn. Lagertha e Ragnar teiveram um filho, mas ele foi nomeado Fridleif. Bjorn foi um dos filhos de Ragnar Lothbrok com a princesa Aslaug. Além disso,há outro conflito com a série de TV, Bjorn não era o seu filho mais velho. Ivar the Boneless seria o primogênito e Bjorn era o segundo filho mais velho.

Bjorn Ironside tinha três irmãos Ivar Ragnarsson, Hvitserk e Sigurd Snake-in-the-Eye e três meios-irmãos Agnar, Eric e Fridleif.

Um guerreiro destemido e feroz como seu pai, Björn Ironside invadida e saqueada muitos lugares, incluindo França, Espanha, Itália, Inglaterra, País de Gales, cidades em Mar Mediterrâneo, como a Sicília e a costa norte da África.

De acordo com relatos históricos, Bjorn e Hastein (que se presume ser um dos filhos de Ragnar Lothbrok ou alguém a quem Ragnar confiou a formação de Bjorn) invadiram a França e partiram para Mediterrâneo. Depois de invadir as costas da Espanha, voltaram a saquear a França e seguiram para a cidade de Pisa, na Itália. Eles não puderam progredir mais quando chegaram às portas da cidade de Luna (que eles pensavam ser Roma em primeiro lugar). Eventualmente, a conquista de Luna se tornou uma das obras mais significativas de Bjorn Ironside. Ele conseguiu capturar a cidade usando sua inteligência, um dos aspectos que fizeram dele um dos mais famosos Vikings na história. Como ele conquistou a cidade é importante, mas pode conter spoilers sobre o programa de TV. Então, você pode pular para a parte seguinte se você ainda não assistiu Season 3 de Vikings do History Channel.

Bjorn Ironside enfrentou dificuldades para rompem as paredes de Luna, e teve que pensar em uma maneira para ganhar a entrada para a cidade. Ele enviou seus homens para deixar o bispo da cidade pensar que ele morreu, mas que se converteu ao Cristianismo antes de morrer e queria ser enterrado em solo consagrado. A cidade permitiu que seu "corpo" fosse trazido por um pequeno grupo de guardas (que, de acordo com alguns relatos, traziam espadas debaixo das suas vestes). Depois de entrar na igreja, Bjorn saiu da caixa e surpreendeu a todos, abriu caminho para os portões da cidade. E então abriu as portas para deixar o seu exército entrar e conquistar Luna (no melhor estilo Cavalo de Troia cá entre nós).
Este truque de Bjorn foi atribuída a Hastein em alguns relatos históricos e foi mostrado como se o próprio Ragnar Lothbrok usasse esse truque para entrar em Paris na série de TV, Vikings.

Depois de Luna, Bjorn e sua frota Viking invadiram a Sicília e as costas do norte da África. Em seu caminho de volta para casa, eles encontraram as forças da marinha de Al-Andalus no Estreito de Gibraltar. Este foi um encontro infeliz para Bjorn e seus homens, eles foram atingidos por uma arma muito poderosa chamada Fogo Grego (arma incendiária que pode continuar a queimar até mesmo sobre a superfície da água) que atingiu 40 dos navios da frota Viking.

Depois do enorme sucesso de seus filhos Ivar Boneless e Bjorn Ironside alcançado ao longo de muitos ataques por toda a Europa e do Mar Mediterrâneo, Ragnar Lothbrok ficou com ciúmes de seus filhos e não queria que eles governassem a Suécia. Ele nomeou Eysteinn Beli como um rei substituto e decidiu invadir o reino de Northumbria e derrotar seu inimigo de longa data, o Rei Aella. Sentindo-se menosprezado por aquilo que seus filhos alcançado, Ragnar não pensou cuidadosamente e atacou o Reino de Northumbria com uma força muito pequena. Em uma versão um pouco diferente da história, está escrito na História dos Filhos de Ragnar (Ragnarssona þáttr), a razão pela qual Ragnar decidiu dominar o Rei Aella, foi por ser insultado e chateado pela sua esposa Aslaug e seus filhos Bjorn e Hvitserk desde que eles vingaram seus irmãos Eric e Agnar sem a ajuda de Ragnar. Eric e Agnar queriam que Eysteinn Beli se submetesse a eles, já que eles eram filhos de Ragnar, Eysteinn Beli lhes disse que iria pedir aos chefes suecos para emitir um parecer. Os chefes recusaram o desejo de Eric e Agnar e ainda ordenaram um ataque contra eles. Como resultado, Agnar foi morto e Eric foi capturado apenas para ser executado mais tarde - a seu pedido, pois ele não queria viver depois dessa derrota.

Ragnar Lothbrok foi vítima de sua arrogância e foi capturado e executado pelo rei Aella. Alguns relatos dizem que ele foi jogado em um poço de cobras pelo rei, enquanto outros tem Ragnar Lothbrok morto de uma doença misteriosa (que se acredita ser a disenteria).
Depois de derrotar Eysteinn Beli, Bjorn Ironside tornou-se o Rei da Suécia e com seus irmãos atacaram o reino de Northumbria para se vingar de seu pai. No entanto, estes esforços foram em vão e as forças do rei Aella conseguiu vencer as forças Viking. Ivar, o irmão mais velho, que também é conhecido por ser um governante sábio na história dos vikings, disse a seus irmãos que ele sabia desde o início que este seria o destino de Ragnar e ele pediria ao Rei Aella uma reconciliação.

Como resultado, o rei Aella deu um pouco de terra para Ivar sobre a qual ele construiu a cidade de York. Através dos anos, Ivar reforçou a sua posição entre os ingleses e quando considerou adequado, chamou os seus irmãos para atacar o Reino de Northumbria, mais uma vez. Acompanhado por alguns ingleses que se uniram a Ivar, as forças Viking invadiram a Northumbria e capturaram o Rei Aella vivo.

Os irmãos decidiram que a Águia-de-Sangue seria um castigo adequado para o Rei Aella. Eles cortaram e abriram a coluna do Rei, quebraram suas costelas e puxaram seus pulmões para fora como a cerimônia brutal da Águia-de-Sangue exige e assistiram o rei morrer.

Após a morte do pai, os filhos de Ragnar dividiram o reino. Bjorn Ironside tornou-se o governante de Uppsala na Suécia.
Bjorn teve dois filhos, Refil e Erik Björnsson. Erik tornou-se o próximo rei da Suécia após a morte de Bjorn.

Bjorn Ironside fundou a Casa de Munsó na Suécia, que é conhecida como a dinastia antiga e que governou a Suécia por muitas gerações até serem expulsos da Suécia depois de um longo período de guerra civil até o final do século X.
A dinastia Munsó tornou-se a casa governante da Dinamarca com o tempo.
O nome Munsó foi derivado da ilha onde há uma colina e afirma-se ser o túmulo de Bjorn Ironside.

Nenhum comentário:

Postar um comentário