Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Menu Mitologia: Jack Frost

JACK FROST

Jack Frost é a personificação da geada e do frio, sendo uma figura lendária élfica pertencente ao folclore do norte da Europa, acredita-se que esse mito seja proveniente dos anglo-saxões e nórdicos. Sua missão é fazer a neve ou criar as condições típicas de inverno, colorir a folhagem no outono e deixar a geada branca nas janelas no inverno. Às vezes aparece em obras de ficção natalinas como um encarregado de criar as condições para que Papai Noel possa fazer sua entrega de presentes.

De acordo com a popular lenda escandinava, Jack Frost é um elfo à quem os vikings nomeavam Jokul Frosti, que significa pingente de gelo. Jack esgueira-se pelas cidades durante as noites de inverno, fazendo elegantes desenhos de gelo nas janelas e sobre as folhas de inverno e a grama. Ele é frequentemente retratado como um velho, um jovem ou um espírito invisível que ninguém pode tocar ou ouvir. Embora, basicamente, amigável e alegre, Jack Frost, se provocado, pode matar suas vítimas, soterrando-as com neve.

Retratado em muitas formas e personagens, este personagem mítico tem se tornado imensamente popular e apesar de não ter associação com o cristianismo, ele faz participações especiais em vários programas natalinos, muitas vezes, como um dos membros da comitiva do Papai Noel. Jack Frost também aparece com bastante frequência na literatura, filmes, televisão, música e jogos, retratando um sinistro propagador de maldades. Ele também faz várias aparições nos quadrinhos como um dos protagonistas do Natal. Jack Frost, embora não relacionado ao Natal, tem tantas características que o tornam perfeito para o Natal, e muitas pessoas têm totalmente aceitado-o como uma figura natalina.

Na literatura moderna

Em "A Vida e Aventuras de Papai Noel ", escrito por L. Frank Baum em 1902, Jack Frost foi descrito como o filho do sem-nome rei Geada que tem prazer em beliscar "dezenas de narizes e orelhas e dedos dos pés". Mas, apesar do Papai Noel gostar de Jack, ele o considera um "vagabundo", e dificilmente confia nele e pede a Jack para poupar as crianças. Jack diz que o fará se ele puder resistir à tentação. O personagem de Jack reaparece em um dos contos de Baum, "Sombras Fugitivas". Aqui, ele é descrito como o único, que detém o poder de congelar sombras e separá-las de seus proprietários, tornando-as suas próprias entidades vivas. Jack Frost também aparece em um poema de Elizabeth Bishop, intitulado "Primeira Morte em Nova Scotia". Nos "Rainbow Magic Books" por Daisy Meadows, Jack Frost tem sido retratado como um antagonista que se esforça para congelar a Terra das Fadas. Nas histórias em quadrinhos publicadas pela Timely Comics (hoje Marvel Comics) em 1940, Jack Frost costumava ser um super-herói, coberto de gelo e podia projetar gelo e ar frio.

Filmes e Jogos

Um filme russo, feita em 1964, foi nomeado Morozko - o equivalente russo de Jack Frost. O personagem também tem destaque em dois filmes de Hollywood, ambos intitulado Jack Frost. O personagem de Jack Frost também tem sido muito popular em jogos de vídeo game e já apareceu em muitos deles, como Adventure Quest, Guild Wars, Granado Espada, City of Villains, Killing Floor e Rune Scape.

Nenhum comentário:

Postar um comentário