Bem Vindos

Ola amigos bem vindos a Arcanoteca um espaço para RPG, mitologia, contos e curiosidades, esperamos que gostem do nosso conteúdo e nos visitem com frequência. (amigos nós não temos pop ups por favor deixem o seu ADblock desativado para nosso site pois isso nos ajuda muito a manter a Arcanoteca)

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Menu Artigos: DEUSES, LENDAS E TALISMÃS

DEUSES, LENDAS E TALISMÃS

Com origem no folclore e na mitologia, os deuses e talismãs do Japão estão cercados de esperança. Além disso, diz a crença geral que eles funcionam melhor quando a peça é
recebida como presente.
- Shichikukujin: A crença remonta ao séc. XVI e está relacionada com a expressão budista, “Sete Desgraças e Sete Bênçãos”. Venerados no 1º dia do ano, conta a lenda que o sacerdote
Tenkai disse a um Shogum que a nobreza consistia em sete virtudes: longevidade, fortuna, popularidade, sinceridade, amabilidade, dignidade e magnanimidade. O Shogun
encarregou-o, então, de escolher os representantes de tais virtudes.

7 Virtudes:
1) Benten: Representa a amabilidade. É a única mulher do grupo e uma das deusas mais populares. Originária da Índia, no Japão é considerada deusa da música, dos artistas e da
beleza feminina. Para alguns, desempenha ainda o papel de rainha (deusa) das águas.
2) Bishamon: É o deus da riqueza, prosperidade e felicidade. Por ser um dos quatro guardiões do Budismo, apresenta-se sempre com trajes de guerra e segurando uma lança. Mas tudo isso só se presta à proteção e não ao ataque, o que lhe confere ainda o título de deus da justiça e da proteção.
3) Daikoku: Com uma carinha inteligente e agradável, fica em pé sobre sacos de arroz, protegendo a fartura nas colheitas. Quando balança o martelo, o dinheiro aparece em
quantidades ilimitadas.

4) Ebisu: Cultuado entre os negociantes. Ebisu é o deus da riqueza, da sorte, da pesca e da felicidade. Representa ainda sinceridade.
5) Fukurokuju: Simboliza a popularidade. É uma espécie de coringa do grupo. Seu nome explica suas virtudes: Fuku-significa felicidade; roku-riqueza; ju-vida longa. Acredita-se que
ele foi um eremita chinês que viveu durante a dinastia Sung. Sua cabeça alongada evidência sabedoria.
6) Hotei: Representante da magnanimidade. De origem chinesa, este gorducho bem humorado carrega sempre uma bolsa sobre os ombros, onde leva suprimentos. É adorado também como deus da fortuna. A expressão de seu rosto invariavelmente risonha faz dele também o deus da felicidade e da saúde.
7) Jurojin: Representa a longevidade. Traz sempre um pote de pêssego que simboliza o coração. Seu nome está ligado à crença na eterna juventude, e ele só permite que a morte se
aproxime de seus fiéis quando tem a certeza de que o espírito deles já pode ser acolhido num reino superior.

Talismãs:
- Buda: Provavelmente o mito da cultura japonesa mais conhecido entre nós, o fundador do Budismo aparece representado de duas maneiras diferentes. A figura sentada em posição
de lótus traz boa sorte, a outra, com um saco ao lado, promove riquezas e prosperidade.
- Daruma: Sua base arredondada é mais pesada que o restante do corpo, mantendo-o sempre em pé. Esta característica o torna símbolo da perseverança e da concretização dos
desejos. Conta a lenda que o Daruma representa o Bodhidarma, o fundador do Zen-Budismo na China, que durante anos ficou em meditação sobre uma montanha, inutilizando assim
seus braços e pernas. Por isso sua figura ressalta apenas o rosto. Alguns exemplares não possuem olhos. Seus donos podem e devem então desenhar os olhos, um a um, à medida
que dois de seus desejos se realizem. Todos os anos, o Daruma deve ser trocado por um exemplar maior.
- Omamori: Quanto mais popular o templo, tanto mais conhecido será pelos seus talismãs. Existem modelos que proporcionam riqueza ou sucesso a seus donos. Mas a crença maior
é de que eles trazem proteção. São pedaços de papel branco com o nome do templo e uma prece especial impressa. Podem também ser feitos de madeira, ouro ou parta. Há tipos para
serem colocados em casa ou na bolsa.
- Rãs: Os Japoneses acreditam que o sapo ou a rã possuem a capacidade para atrair felicidade e riqueza. Em japonês a palavra equivalente a sapo é kaerú, muito parecida com o verbo Kaerú, que significa voltar. Assim, os orientais carregam um sapinho de porcelana dentro da bolsa para que o dinheiro sempre retorne.
- Maneki-Neko: Esse simpático casal de gatinhos - Maneki e Neko - está presente em quase todos os estabelecimentos comerciais japoneses, pois, segundo a tradição, o gato,
quando coça a orelha, traz fortuna e prosperidade. Além disso, o macho representa a força e a fêmea, a saúde e a felicidade. A origem de Maneki-Neko é pouco conhecida. Alguns
dizem que esse talismã representa um gato que salvou a dona de uma picada de cobra. Outra versão diz que se trata de uma homenagem ao gato de um velho monge de um templo
em ruínas. Para prosperar também e livrar-se de imprevistos negativos, coloque um Maneki-Neko em lugar de destaque, a uma altura superior a 1 metro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário